header top bar

section content

Sobrevivente de estupro coletivo no Ceará relata agressão; uma delas morreu

Cinco suspeitos de envolvimento no crime foram reconhecidos e presos na madrugada desta sexta-feira (3)

Por

03/07/2015 às 15h00

Sobrevivente de estupro coletivo no Ceará relata agressão (Foto reprodução TV Verdes Mares)

A adolescente que sobreviveu ao ataque de estupradores em Capistrano, no interior do Ceará, relatou nesta sexta-feira (3) as agressões sofridas por ela e a amiga, Luciana Alves de Brito, de 17 anos, que morreu após o abuso sexual.

Luciana foi agredida a pauladas e jogada em um poço, onde foi encontrada morta, segundo a Polícia Militar.

Em entrevista à TV Verdes Mares, a jovem contou que não imaginava que ela e a amiga seriam agredidas quando aceitaram o convite dos suspeitos para sair. 

"Fui abusada por três. Nós tentamos fugir, e ele tacou o pau e eu caí. Aí, começou a judiar de nós tacando cinto em mim e nela, aí tacou tijolo nela e empurrou ela dentro da coisa [um poço, onde a vítima foi localizada]", relatou a jovem que sobreviveu ao ataque.

Prisões
Cinco suspeitos de envolvimento no crime foram reconhecidos e presos na madrugada desta sexta-feira (3). Segundo a polícia, são dois adultos e três adolescentes.

O crime ocorreu na última quarta-feira (1º). De acordo com a Polícia Militar, as adolescentes são de Baturité e teriam sido convidadas pelo grupo de cinco homens para um passeio. O estupro ocorreu em um terreno na localidade de Pedreira, próximo ao centro de Capistrano.

Segundo o comandante do destacamento da Polícia Militar de Capistrano, Francisco Carmo, os suspeitos estavam bebendo em um trilho que passa dentro da cidade e convidaram as adolescentes para beber com eles.

"Eles começaram a beber, usar drogas, segundo ela, e de lá foram para um local ermo, de difícil acesso. Chegando lá quiseram fazer sexo com elas, e uma não quis. Depois eles entraram em conflito e resolveram matar a garota a pauladas”, disse Carmo.

Em depoimento à polícia, a adolescente que sobreviveu ao ataque disse que Luciana não conseguiu fugir.

Na quarta à noite, os policiais foram ao local onde teria ocorrido o crime e não encontraram vestígios da adolescente. Na manhã da quinta, moradores da região encontraram a vítima morta dentro de um poço e informaram à polícia.

A adolescente que fugiu dos estupradores já recebeu alta do hospital e foi levada de volta para Baturité.

G1

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan