header top bar

section content

Médico cubano é encontrado já sem vida dentro de casa em cidade do Sertão da PB

As suspeitas são de que o médico que estava na residência onde morava tenha sofrido um infarto, mas a polícia aguarda resultados da autopsia

Por

28/06/2015 às 17h55

Osmany Rodriguez Rivero tinha 45 anos e estava em Boa Ventura desde 2014

Foi encontrado na manhã deste domingo (28), já sem vida, o médico Osmany Rodriguez Rivero, de 45 anos. De origem cubana, ele atuava no município de Boa Ventura, no Vale do Piancó

As suspeitas são de que o médico que estava na residência onde morava tenha sofrido um infarto, mas a polícia aguarda resultados da autopsia para saber se vai abrir uma investigação.

De acordo com as informações, do site Diamante On Line,  uma colega de trabalho do médico, teria visto o celular do Cubano tocando por diversas  vezes, quando a esposa dele tentava contato direto de Cuba, e ao levar o aparelho ao quarto onde ele estava, ela notou que Osmany estava sem vida.

O delegado da Polícia Civil em Itaporanga, Renato Leite disse a reportagem que populares que encontraram o médico já caído no chão e chamaram a policia Militar que constatou a morte. A Civil chegou logo depois ao local que aguardou a chegada do Gemol, que veio de Patos, e levou o corpo para realização dos enxames cadavéricos.

“Populares viram o médico caído ao chão, chamaram a PM, que constatou a morte. Fomos acionados e agentes da Polícia Civil foram até o local. Aguardamos a chegado da Gemol, que veio de Patos, e levou o corpo. Vamos aguardar os resultados e o laudo da causa da morte para iniciar ou não uma investigação. Mas, todas as suspeitas recaem sobre uma morte natural, por infarto”, disse o delegado da Polícia Civil em Itaporanga, Renato Leite.

O corpo do médico foi recolhido e levado por funcionários da Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) para a cidade de Patos e vai passar por autopsia onde será confirmada a causa da morte.

Histórico
Osmany Rodriguez era integrante do programa “Mais Médicos” e morava em Boa Ventura com outros colegas de profissão. Ele era natural da cidade de Camaguey, em Cuba.

O médico chegou ao Brasil em janeiro de 2014. Ele trabalhava na Unidade Básica de Saúde (UBS-1), Carlos Fernando de Carvalho, no centro da cidade de Boa Ventura.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires