header top bar

section content

Operação apreende material em empresa do Sertão por fraude em concursos na PB e mais quatro estados

Segundo o delegado, a empresa “Real Concursos” conseguiu participar de certames na Paraíba e em outros estados através de apresentação de documentos falsos.

Por

11/04/2015 às 11h00

A Polícia Civil da Paraíba investiga empresa realizadora de concursos públicos, com sede na cidade de Conceição, Sertão do Estado por falsificar documentos de licitação. A empresa realizou as provas dos concursos de Santana de Mangueira, Tavares e Tenório, além dos estados de São Paulo e Pará.

A o operação “Certame foi iniciada nessa quinta-feira (09) e é coordenada pelo delegado Cristiano Santana. A operação teve a participação do Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Itaporanga.

Segundo o delegado, a empresa “Real Concursos” conseguiu participar de certames na Paraíba e em outros estados através de apresentação de documentos falsos durante processos licitatórios desses concursos.

“Cumprimos mandados de busca e apreensão na sede dessa empresa e conseguimos apreender computadores, notebook, provas aplicadas anteriormente, certidões e declarações. Todo o material foi encaminhado ao Instituo de Polícia Científica (IPC) para ser periciado”. Informou o coordenador da operação

Cristiano Santana revelou que há suspeita de fraudes em concursos realizados pela empresa nas cidades de Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Além dos materiais apreendidos, um dos proprietários da empresa foi indiciado e segundo o delegado havia um esquema de falsificação de documentos da empresa paraibana com ramificações em outros estados. “Estamos trabalhando no sentido de identificar várias outras empresas que supostamente agiam juntas praticando este crime”. 

Ouça entrevista do delegado através do DiamanteOnline!

DIÁRIO DO SERTÃO                         

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como