header top bar

section content

Em Cajazeiras: GTE prende acusado de atear fogo em homem; vítima morreu queimada

Na oportunidade, a vítima se agarrou com o acusado e ambos foram queimados pelo fogo, entretanto, José Coelho conseguiu escapar.

Por

05/04/2015 às 15h08

José nega que ateou fogo em homem

O Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil de Cajazeiras cumpriu um mandado de prisão neste domingo (05) contra José Coelho Viana. Sob José pesa a acusação de ter ateado fogo em Roberto Rivelino que não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. 

O crime ocorreu no dia 15 de agosto de 2011 no estabelecimento comercial do acusado, localizado no distrito de Boqueirão, zona rural de Cajazeiras. Na oportunidade, a vítima se agarrou com o acusado e ambos foram queimados pelo fogo, entretanto, José Coelho conseguiu escapar.

Após ser localizado, José Coelho negou a acusação e disse que ele mesmo quem foi morto: “Eu que fui a vítima. Me mataram e ao lembro de nada”, disse.

O delegado do GTE, Bráz Marroni disse que a equipe está realizado operações o intuito de cumprir todos os mandados de prisão.

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!