header top bar

section content

Funcionário público que matou a própria filha de dois anos é encaminhado ao presídio. Veja

​Segundo informações da polícia, a criança estava numa rede e foi atingida por um tiro de espingarda calibre 12 nas costas

Por

04/03/2015 às 08h16

Acusado estava internado no Hospital de Pombal (Foto: Marcelino Neto)

O funcionário público, Ronaldo Bezerra da Silva, de 33 anos, conhecido por "Ceará", matou a própria filha de dois anos no município de São Bentinho e já se encontra preso na Cadeia Pública de Pombal.

O acusado estava internado no Hospital Regional de Pombal desde o dia 22 de fevereiro, mas recebeu alta e na manhã da terça-feira (03) foi encaminhado até a cadeia para cumprir a pena do homicídio.

O crime
Segundo informações da polícia, a criança estava numa rede e foi atingida por um tiro de espingarda calibre 12 nas costas e a bala chegou a sair na barriga da menina.

Ela foi socorrida para o hospital de Pombal e em seguida para o hospital de Patos, mas não resistiu e faleceu.

Após o crime, o pai tentou suicídio atirando na própria garganta. 

Culpou a ex-mulher
O criminoso revelou aos policiais militares que cometeu o crime depois de ouvir da ex-mulher que a criança não era filha dele.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo