header top bar

section content

12 presos: Oficial foi presa por vazar informações e ex-candidato a vereador por comandar quadrilha da “morte”

A mesma operação também foi realizada nas cidades de Patos, Campina Grande e Cajazeiras. Confira nomes dos envolvidos!

Por

03/03/2015 às 14h22

A Operação deflagrada na madrugada desta terça-feira (3), em Conceição, Sertão do Estado e prendeu pelo menos 12 pessoas até as 8h30, todas suspeitas de participarem de uma quadrilha que tem envolvimento com tráfico de drogas, homicídios, assaltos e fraudes em concursos.

De acordo com o delegado Glauber Fontes, a Operação "A Teia" também foi realizada nos estados de São Paulo e Rondônia.

Glauber Fontes disse que a operação no Sertão foi prejudicada pela Oficial de Justiça da Comarca, Maria do Desterro dos Santos Ferreira, que vazou informações sigilosas para os criminosos. Ela foi presa. "Tivemos que antecipar a operação".

A polícia prendeu ainda: Fabiano Márcio Rodrigues, “Fabiano de Doca”; João Deon Danta, “João Rato”; Fernando Antônio Vieira, “Fernando do Gás”; Antônio Soares Cavalcante, “Antônio Pernambuco”; Aldecy Pereirad e Sousa “Audé”; José Firmino Camilio, “Dedé”; Geovanio Rufino Alves, “Geovanio Tapuru”; Francisco Vieira Barros, “Véi”; Marcelo José da Silva, “Marcelo Traficante”; Cícero Lucas Viera de Lacerda; Tina Charles Vieira de Sousa; Gilmar Barbosa de Oliveira Filho; Joniedson Gomes Camilo, “Pinta”; Bruno Emanuel de Oliveira Barbosa; Marciel Miguel de Sousa e Fabiano Leocádio dos Santos, “Neguin”;

Acusados
Ainda conforme informações do delegado, quem comandava a quadrilha era um ex-candidato a vereador na cidade de Conceição, que foi preso. "Essa quadrilha é responsável por diversos crimes. Entre eles estão um homicídio que aconteceu na cidade de Conceição encomendado por um presidiário de Rondônia e ordenada por um ex-candidato a vereador da cidade", afirmou.

Mandante
Entre os detidos, segundo a polícia, está Fabiano Rodrigues, conhecido por "Doca". Ele é apontado como sendo um dos "cabeças" de uma organização criminosa que age na região. 

Segundo o delegado, o ex-candidato a vereador foi preso enquanto tentava fugir da cidade. Foram expedidos 17 mandados de prisão e 19 de busca e apreensão. Armas, drogas, munições e dinheiro foram apreendidos. Mais de 90 policiais civis estão envolvidos. A operação também foi realizada nas cidades de Patos, Campina Grande e Cajazeiras. 

Apreensão
Foram apreendidas armas, drogas, munições, dinheiro e R$ 500 mil em cheque.

DIÁRIO DO SERTÃO

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’