header top bar

section content

Pai que matou a filha de dois anos e tentou se matar culpa a ex-mulher: “Disse que não é filha minha”. Vídeo

Depois que receber alta do Hospital, o acusado será conduzido até a delegacia onde prestará depoimento ao delegado sobre o crime bárbaro que praticou.

Por

24/02/2015 às 09h46

Menina de dois anos foi assassinada pelo próprio pai (Foto: Facebook)

O funcionário da prefeitura de São Bentinho, no Sertão do Estado, identificado por Ronaldo Bezerra da Silva, de 33 anos, acusado de ter assassinado a própria filha de dois anos com tiros de espingarda prestou depoimento na manhã da segunda-feira (23) e revelou aos policiais militares que cometeu o crime depois de ouvir da ex-mulher que a criança não era filha dele.

De acordo com o delegado, Aroldo Queiroga, o acusado permanece internado no Hospital Regional de Pombal (HRP) e será transferido para um Hospital em Campina Grande. Ele atirou em si mesmo após matar a filha, mas não corre risco de morrer.

Depois que receber alta do Hospital, o acusado será conduzido até a delegacia onde prestará depoimento ao delegado sobre o crime bárbaro que praticou. O crime aconteceu na tarde do domingo (22) na cidade de São Bentinho, Sertão da Paraíba.

Assita abaixo a reportagem da TV Paraíba!

– Veja também: – Psicóloga analisa assassinato da criança de dois anos: “Pai transferiu culpa para menina”.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!