header top bar

section content

Polícia realiza megaoperação, prende 12 pessoas e apreende droga e armas em Cajazeiras

Cerca 15 quilos de maconha, além de revólveres, espingardas e munições, foram apreendidos pelos policiais em Cajazeiras. Fotos

Por

13/02/2015 às 14h00

Uma megaoperação entre a Polícia Militar e Civil foi realizada na manhã desta sexta-feira (13) na cidade de Cajazeiras. A ação policial denominada Irene “Deusa da Paz” contou com a participação de 135 policiais divididos em 10 equipes que realizaram abordagens em vários pontos do município.

A ação policial contou com apoio do Helicóptero Acauã da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Paraíba. A 'Operação Irene' tem como objetivo prender suspeitos de homicídios na região e desmontar uma quadrilha de tráfico de drogas. 


Casas dos bairros São Francisco, Vila Nova e Esperança foram revistadas buscando pontos de tráfico. De acordo com a Polícia, 12 “bocas de fumo” foram fechadas.

12 pessoas foram presas, e dois menores apreendidos. 15 quilos de maconha, além de revólveres, espingardas e munições, foram encaminhadas até a delegacia de Polícia Civil.

Em entrevista à reportagem do Diário do Sertão, delegado Seccional da Polícia Civil, George Wellington, revelou que a prisão dos crimminosos vai garantir tranquilidade a população. " A criminalidade estava crescendo em Cajazeiras, essa operação com certeza deu um basta na ação desses acusados", disse.

Em instantes a reportagem do Portal e TV Online Dário do Sertão trará mais imagens e vídeo da operação.

Veja reportagem completa aqui!

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan