header top bar

section content

Agricultor que assassinou a ex-mulher e a filha é condenado a 42 anos de prisão. Veja vídeo!

“Não foi o juiz, nem o promotor que decidiram, mas sim o povo de Sousa, os jurados que julgaram o fato”, disse o advogado. Vídeo!

Por

12/02/2014 às 08h20

Agricultor foi condenado a 42 anos de prisão (Foto: Diário do Sertão)

O agricultor Francisco de Assis Ventura, foi condenado a uma pena de 42 anos de prisão pelo Tribunal de Juri da Comarca da cidade de Sousa, após julgamento na tarde desta segunda-feira (10). O agricultor é acusado de assassinar a ex-mulher, Maria do Socorro Ventura, que tinha 48 anos, e a própria filha Daniele Laís Ventura, de 17 anos. O crime ocorreu no dia 29 de dezembro de 2009.

O conselho de sentença condenou o acusado por 7 votos a 0, e o juiz José Normando Fernandes determinou a pena de 42 anos de reclusão em regime fechado. Com o fim do júri, o acusado foi encaminhado até a Colônia Penal Agrícola do Sertão em Sousa, onde cumprirá a determinação judicial.

O advogado Ozael Fernandes, contratado pela família da vítima declarou que o processo era muito delicado, e foi analisado cuidadosamente. “Não foi o juiz, nem o promotor que decidiram, mas sim o povo de Sousa, ou seja os jurados que julgaram o fato”, disse.

O crime
Uma tragédia em família comoveu a cidade de São Francisco, na região de Sousa, na tarde do dia 29 de dezembro de 2009 quando um homem identificado como Francisco de Assis matou a ex-mulher e a filha de 17 anos.

Maria do Socorro Ventura Davi, de 48 anos, morreu ao dar entrada na UTI do Hospital Regional de Sousa. A filha, Daniele Laís Ventura, de 17 anos teve morte cerebral, mas mesmo assim foi transferida, a pedido da família para o Hospital de Trauma na Capital, mas não resistiu e morreu.

Segundo a Policia Militar, Francisco de Assis, que é agricultor, foi até a casa da ex-mulher e de arma em punho passou a discutir com Maria do Socorro. Em dado momento, ele sacou a arma e disparou contra a cabeça dela. Daniele, na tentativa de evitar a tragédia, acabou sendo atingida por um disparo também na cabeça.

Logo após o fato, Assis fugiu com o revólver nas mãos pelas ruas da cidade e em seguida tomou rumo ignorado. Testemunhas disseram que o acusado tentava reatar a relação com a ex-mulher, mas encontrou resistência por parte da ex-companheira.

A prisão
Após o crime, o acusado fugiu para o Mato Grosso, no entanto acabou sendo preso no ano de 2012 e foi transferido dias depois para a cidade de Sousa, onde ficou a disposição da Justiça.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018