header top bar

section content

Polícia prende cinco pessoas e um menor da BA por fraudar bingo na região de Cajazeiras

Os cinco acusado e o menor foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de São João do Rio do Peixe.

Por

12/01/2014 às 10h10

A polícia desarticulou nesse sábado (11) uma quadrilha na cidade de Uiraúna, região de Cajazeiras por fraudar bingos. Nesta operação a polícia prendeu cinco pessoas e apreendeu um menor de 16 anos de idade.

Os acusados são: Jackson Honorato da Silva, de 29 anos; Jaílson Teixeira Barbosa, de 39 anos; Emerson Morais da Silva, de 28 anos; Williams Ferreira da Silva, de 19 anos e Idelfonso Maria dos Santos, de 39 anos.

De acordo com a polícia, o agente João Paulo participava do bingo quando estranhou o comportamento dos suspeitos, pois estavam organizados em um grupo e ganhavam todos os prêmios.

João Paulo chamou a Polícia Militar, que ao questionar os acusados foi informada que eles são da cidade de Paulo Afonso, no Estado da Bahia, onde revelaram estavam ali para fraudar o bingo.

Eles relataram que o esquema funcionava da seguinte forma: o menor em certa altura do evento, anunciava ter batido o bingo, com objetivo de ganhar tempo pois enquanto havia a conferencia das pedras a outra equipe, fazia uso de um veiculo próximo com um equipamento especifico e faziam a impressão de uma nova cartela, desta feita, com os números sorteados.

Os cinco acusado e o menor foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de São João do Rio do Peixe. A polícia informou ainda, que os prêmios não foram entregues aos acusados.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan