header top bar

section content

Latrocínio? Jovem de 23 anos é encontrado morto dentro de rede. Polícia investiga crime

A vítima sofreu várias pancadas na cabeça, teve o celular e a bicicleta roubados pelo suspeito que fugiu sem deixar pistas.

Por

23/12/2013 às 13h01

 
                                          Josélio Ferreira de Oliveira foi encontrado morto em uma rede (Foto: Diário do Sertão)

O jovem Josélio Ferreira de Oliveira, de 23 anos, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (23), dentro de uma rede em sua residência que fica localizada no Conjunto Frei Damião em Sousa.

De acordo com informações de familiares, na noite deste domingo (22), Josélio Ferreira saiu com o amigo Jefferson Dias, para um campo de futebol localizado no conjunto Casas Populares, quando foram surpreendidos por um homem não identificado que estava de posse de um pau e agrediu os dois jovens.

De acordo com a Polícia Militar, Jefferson Dias sofreu uma forte pancada na cabeça, mas conseguiu fugir em sua bicicleta e recebeu atendimento Médico no Hospital Regional de Sousa (HRS). Já Josélio Ferreira, sofreu várias pancadas na cabeça, teve o celular e a bicicleta roubados pelo suspeito que após as agressões, fugiu sem deixar pistas.

Na madrugada, Josélio voltou para casa e deitou numa rede, sem comunicar o fato aos familiares. Só que na manhã desta segunda-feira (23), a família percebeu que Josélio estava morto.

O Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU) foi acionado e constatou o óbito. O corpo da vítima foi encaminhado em uma viatura do “Rabecão” até o Instituto Médico Legal (IML) em Patos para o exame cadavérico.

Investigação
Jefferson Dias que testemunhou as agressões, foi até a delegacia de Polícia Civil e prestou depoimento ao delegado de plantão Dr. Aulinson Rabosa que está investigando o crime que possivelmente se trata de um homicídio. “Vamos aguardar a perícia no IML para constatar realmente se o crime foi um assassinato, no entanto, se for verificado que ocorreu roubo durante as agressões, o caso poderá ser apurado como Latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte”, afirmou o delegado.

DIÁRIO DO SERTÃO

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares