header top bar

section content

Garota de programa revela que faz sexo com empresários de Sousa e mulheres de CZ. Veja

A mulher mandou um recado para as adolescentes: ¨É um caminho para a perdição, que leva direto ao inferno¨. Assista

Por

05/12/2013 às 15h55

A mulher de iniciais K. C. S. tem 19 anos, e revelou em entrevista exclusiva ao Diário do Sertão, que faz programas sexuais com comerciantes sousenses e pessoas da cidade de Cajazeiras, e cada encontro custa cerca de R$ 150.

A jovem é natural de São Bernardo do Campo, São Paulo, mas atualmente mora na cidade de Sousa onde trabalha como profissional do sexo e ganha dinheiro realizando encontros semanalmente com seus clientes, que acontecem em motéis ou em residências.

De acordo com K. C. S. seus familiares sabem que ela trabalha como garota de programa desde os 17 anos de idade. “Comecei muito jovem a fazer programas sexuais em São Paulo, e quando cheguei em Sousa, continuei na mesma profissão, dá pra conseguir um bom dinheiro pra manter a vida”, disse ela.

Vício
A grande preocupação da garota é a droga. “A verdade é que sou usuária de drogas, já gastei cerca de R$ 2 mil em dinheiro com maconha, bebida e crack em apenas um mês. Até durante os programas sexuais, alguns clientes também fazem uso de entorpecentes”, revelou.

Tratamento
A garota de programa que se tornou usuária em droga, disse que já se internou em clínicas de recuperação, mas não conseguiu abandonar o vício. 

K. C. S. concluiu a entrevista mandando um recado paras as adolescentes: “É um caminho para a perdição, que leva direto ao inferno”, afirmou.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017