header top bar

section content

Há seis meses esperando promessa, morador do lixão de Cajazeiras faz apelo a prefeitura

O secretário Roberto Cartaxo negou ter assumido qualquer compromisso com o catador.

Por Luzia de Sousa

16/02/2016 às 16h20 • atualizado em 16/02/2016 às 16h47


O catador de materiais recicláveis do lixão de Cajazeiras, Júlio César procurou a reportagem do Diário do Sertão para pedir ao secretário de Infraestrutura da cidade, Roberto Cartaxo, que mande ligar a energia elétrica da sua residência.

Júlio César explicou que o secretário ordenou a retirada dos barracos das margens do lixão e teria se comprometido em disponibilizar a energia elétrica as residências dos catadores que construíssem em outro local.

De acordo com o catador, a promessa foi feita há seis meses e até o momento nada fora resolvido. “Agora a gente ficou socado dentro do lixo perdendo todo nosso material”.

Ele disse que a casa já está pronta, mas só desocupa o local público após o cumprimento da promessa feita por Roberto Cartaxo. “Nós cumprimos com nossa palavra. Tiramos os chiqueiros e os bichos agora ele não cumpriu com a parte dele”.

Outro lado
O secretário Roberto Cartaxo confirmou que esteve no local juntamente com um representante do Ministério Público e outros secretários da administração municipal, mas negou ter assumido qualquer compromisso com o catador. “Prometi nada a ninguém não”.

Mesmo assegurando não ter prometido, o secretário informou que visitará o local nessa quarta-feira (17), para se inteirar da situação e buscar a melhor solução para o caso de Júlio César e de outros catadores.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan