header top bar

section content

Medo: Homem denuncia sequestro, morte de comparsa e abandono de corpo em Cajazeiras

De acordo com Assis, a ação criminosa havia contado com um comparsa que teria se ferido durante troca de tiros com a polícia.

Por

09/10/2013 às 06h58

Um fato inusitado ocorreu na tarde e noite dessa terça-feira (08) na cidade de Cajazeiras, quando Assis Leite Maia Filho, de 49 anos foi à imprensa e se declarou culpado de seqüestro na Bahia e furto de veículo.

De acordo com Assis, a ação criminosa havia contado com um comparsa que teria se ferido durante troca de tiros com a polícia, não resistindo aos ferimentos.  Ele informou também, que o corpo do acusado estava dentro de um carro no Sítio Patamuté, município de Cajazeiras.

A informação deixou a população cajazeirense apavorada e mobilizou todos os setores policiais, que se deslocaram para o local indicado por Assis, porém, sem êxito, pois não passava de trote.

A polícia encaminhou Assis para a Delegacia, onde foi constato que o acusado tem outras passagens. A PM informou ainda, que o denunciante passa por problemas mentais.

DIÁRIO DO SERTÃO

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente