header top bar

section content

Sobrevivente da tragédia com ônibus na BR 230 conta detalhes de como tudo aconteceu

Lizandro informou que só após o forte barulho foi que percebeu que ônibus tinha se chocado com outro veículo.

Por

08/01/2012 às 09h46

O bancário Lizandro Cláudio, um dos sobreviventes da tragédia desse sábado (07), na BR 230, que envolveu três veículos, entre eles, um ônibus da empresa Guanabara, deixando sete pessoas mortas e 15 feridas, contou detalhes do acidente. Ele é funcionário da Caixa Econômica de Cajazeiras.

De acordo com o bancário, em alguns momentos o ônibus dava “solavancos” e ao chegar na cidade de Aparecida, há 10 km do local do fato, o motorista pulou um quebra molas.

Lizandro informou que só após o forte barulho foi que percebeu que ônibus tinha se chocado com outro veículo.

Ele disse que em meio ao desespero teve muito sangue frio para quebrar a vidraça, sair do ônibus e chamar o SAMU e ajudar as outras vítimas.

“O uso do cinto me ajudou a não me machucar mais”. Revelo Lizandro

Veja Fotos do acidente aqui!

Veja também: Veja o vídeo dos primeiros momentos da tragédia envolvendo ônibus e carreta com sete pessoas mortas e 15 feridas

Veja vídeo do G1 Paraíba

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula