header top bar

section content

Delegado fala sobre prisão de estelionatário sousense e diz que acusado confessou crimes

De acordo com o delegado, foram apreendidos vários objetos juntamente com o elemento que confessou todos os crimes do qual foi interrogado.

Por

04/01/2012 às 16h52

O corregedor do DETRAN da Paraíba, delegado Walber Virgolino, que participou da prisão do sousense José Felinto Furtado, de 52 anos, acusado de pertencer a uma quadrilha de estelionatário com ramificação em vários Estados do Nordeste revelou como aconteceu a prisão e de que forma ele confessou os crimes cometidos. A conversa com o delegado aconteceu nesta quarta-feira (04) no programa Cidade Notícia, comandado pelo radialista da Líder FM da cidade de Sousa, Levi Dantas.

De acordo com o corregedor, foram apreendidos vários objetos juntamente com o acusado que confirmou a autoria de todos os crimes do qual foi interrogado. Dr. Walber afirmou também que existem outras pessoas envolvidas no caso de estelionato, porém seus nomes não podem ser divulgados para não atrapalhar as investigações, principalmente por se tratar de uma quadrilha onde os integrantes moram em diferentes estados.

“Não posso revelar nomes, mas tenham certeza de que o trabalho continua no sentido de capturar o outro envolvido nesse crime. Logo vocês terão uma resposta positiva do trabalho da Polícia”, disse ele. A autoridade policial informou também que parte do dinheiro era enviado aos Estados Unidos por meio de depósitos numa conta em nome de um filho de Felinto.

Entenda o caso
A prisão de José Felinto aconteceu depois de uma denúncia anônima à ouvidoria do Detran/PB. O acusado foi investigado e foi descoberto que ele também aplicava golpes em bancos e empresários.

Na casa do suspeito já foram recolhidos documentos de três empresas no nome dele. A polícia acredita que ele já tenha contraído mais de R$ 1 milhão em empréstimos. Seus golpes eram aplicados em vários estados como Paraíba, Pernambuco, Minas Gerais e Alagoas. José Filinto era considerado um dos maiores estelionatários do país e mantinha algumas empresas de fachada em seu nome.

O sousense foi preso pelo Detran/PB e pela Polícia Rodoviária Federal na manhã desta terça-feira (3) no bairro dos Bancários, na Capital.

Ouça Áudio.

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula