header top bar

section content

Ministério Público da cidade de Sousa aciona justiça e pede interdição de tradicional clube de eventos. Veja!

De acordo com o pedido do promotor, nenhuma festa deve ser realizada no local, pois perturba o sossego da população que mora nas proximidades.

Por

24/11/2011 às 20h07

O Curador do Meio Ambiente da cidade de Sousa, o promotor Walfredo Teixeira, acionou a justiça esta semana, para solicitar a interdição do “Sousa Ideal Clube”, por excesso dos sons usados no local.

O promotor recebeu algumas denúncias de moradores que teriam afirmado não ter mais sossego com as “farras” que são realizadas com frequência, usando sempre sons estridentes.

Walfredo acionou a justiça e solicitou providências, no sentido de interditar o local, além de notificar a SUDEMA (Superintendência de Administração do Meio Ambiente ), para medir a intensidade dos sons usados no local.

A solicitação do promotor é para que não haja mais nenhuma festa no “Sousa Ideal Clube”. O processo foi distribuído nesta quinta-feira (24), na Comarca de Sousa.

DIÁRIO DO SERTÃO

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia