header top bar

section content

Receita Federal apreende lixo hospitalar que seria levado para Santa Cruz do Capibaribe

O container continha lixo hospitalar: lençóis sujos, seringas e luvas usadas, entre outros objetos.

Por

11/10/2011 às 22h51

Um container vindo dos Estados Unidos foi apreendido pela Alfândega da Receita Federal do Brasil no Porto de Suape, na tarde desta terça-feira (11). A carga estava identificada na documentação de importação como sendo tecidos com defeito e seria enviada à Santa Cruz do Capibaribe, conhecido pólo têxtil da região.

Ao ser inspecionado pelos auditores-fiscais da Receita Federal do Brasil, foi constatado que na realidade o container continha lixo hospitalar: lençóis sujos, seringas e luvas usadas, entre outros objetos.

A partir de então, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi chamada para fazer a análise e conferência do material. Ao final a Anvisa deve fornecer um laudo oficial que possibilitará à Receita Federal tomar as medidas cabíveis em relação aos envolvidos no processo de importação fraudulenta.

DIÁRIO DO SERTÃO com ASCOM
 

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia