header top bar

section content

Médico da cidade de Sousa atesta morte de jovem que ressuscita momentos antes do enterro

O fato inusitado aconteceu neste final de semana do Sertão da Paraíba, onde uma pessoa quase seria enterrada com vida, pois, o médico atestou o óbito.

Por

10/10/2011 às 11h40

Um fato inusitado foi registrado neste final de semana no Sertão do Estado. O jovem José Carlos Medeiros de Araújo, de 27 anos de idade, morador de Catolé do Rocha deu entrada no Hospital Dr. Américo Maia de Vasconcelos com sérias complicações de saúde e foi transferido imediatamente para o Hospital Regional de Sousa (HRS).

De acordo com informações do Jornal da Correio, da TV Correio da Paraíba, o rapaz ficou internado por uma noite no local e no dia seguinte, o médico plantonista do HRS atestou a morte de José, que teria sido ocasionada por um derrame cerebral e infecção generalizada.

José foi levado para sua residência para ser velado e para a surpresa da família, a parte de vidro do caixão estava ficando totalmente suada. Os parentes do rapaz resolveram abrir o local detectando que a vítima estava muito quente e suando, ou seja, estava vivo.

A família acionou o SAMU da cidade, que verificou alguns batimentos cardíacos no jovem e o levou novamente para o hospital da cidade de Catolé do Rocha. Os médicos que atenderam a ocorrência tentaram reanimar José, mas já era tarde, pois, desta vez a vítima realmente havia morrido. O corpo do rapaz foi liberado para o sepultamento, porém, os parentes ficaram temerosos em enterrar a vítima, mesmo assim, o sepultamento ocorreu na tarde desta segunda-feira (10).

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA BOMBÁSTICA

VÍDEO: Declarações polêmicas e provocações marcam o programa Xeque-Mate com o ex-prefeito Carlos Antônio

VÍDEO

Ex-aliado diz que prefeito de Cajazeiras forma “organização criminosa” e aponta gordas gratificações

DIÁRIO ESPORTIVO

Confira o resumo da rodada no programa Diário Esportivo com Luiz Júnior

XEQUE MATE

VÍDEO: Carlos Antonio declara pela 1ª vez publicamente apoio a Júnior Araújo; “é cancela fechada”