header top bar

section content

Nacional de Patos derruba técnico do Fluminense, Parreira poderá ser o novo treinador

A diretoria do Fluminense anunciou na manhã desta sexta-feira a saída do técnico René Simões. O treino da tarde, nas Laranjeiras, será comandado pelo treinador dos juniores, Gílson Gênio. A demissão de René abre espaço para a chegada de Carlos Alberto Parreira. Durante um evento no Comitê Olímpico Brasileiro, o técnico tetracampeão mundial confirmou um […]

Por

06/03/2009 às 21h11

A diretoria do Fluminense anunciou na manhã desta sexta-feira a saída do técnico René Simões. O treino da tarde, nas Laranjeiras, será comandado pelo treinador dos juniores, Gílson Gênio. A demissão de René abre espaço para a chegada de Carlos Alberto Parreira. Durante um evento no Comitê Olímpico Brasileiro, o técnico tetracampeão mundial confirmou um primeiro contato com a diretoria tricolor e já ensaiou um discurso de novo contratado. A reunião para o acerto do contrato será realizada durante a tarde.

"Ontem à noite, após a vitória do Fluminense, o Alexandre me ligou, mas eu me recusei a encontrar com ele enquanto o René ainda fosse treinador do clube. Quando eles resolverem essa situação, eu me disponho a conversar. Após esse período sabático de onze meses que eu me dei, estou com saudades da adrenalina do futebol. Por ser um clube que eu conheço muito, no Rio de Janeiro, onde eu poderia ficar na minha casa… Vamos ver se vai dar certo" disse Parreira, ainda antes do anúncio oficial da demissão de René.

Após salvar o Fluminense do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, René Simões começou 2008 com moral junto à diretoria, mas isso só durou até o fim da Taça Guanabara. As derrotas para Cabofriense e Duque de Caxias e a eliminação na semifinal diante do Botafogo foram decisivas para encerrar o ciclo do treinados nas Laranjeiras.

"O René realizou um belíssimo trabalho à frente do Fluminense em 2008, classificando a equipe para a Copa Sul-Americana em 2009. Infelizmente o time ainda não engrenou nesta temporada e chegamos ao consenso de que é necessária a mudança do comando técnico da equipe" disse o coordenador de futebol Alexandre Faria.

René chegou ao Fluminense em outubro do ano passado, quando o time estava na zona de rebaixamento do Brasileiro. Nas dez rodadas finais, o Tricolor conseguiu cinco vitórias, três empates e duas derrotas e se livrou da queda.

Em 2009, a campanha de René com o Flu em jogos oficiais foi parecida: cinco vitórias, dois empates e três derrotas. Mas os resultados negativos aconteceram em jogos decisivos. Além disso, a barração de jogadores contratados pela patrocinadora, como Jailton, Leandro Domingues e Diguinho, sendo que eles nem ficaram como opções no banco de reservas, ajudou a piorar a situação. Assim como a saída de Conca do time na partida contra o Nacional-PB, nesta quinta-feira.

Gilson Gênio, que trabalha nas divisões de base do Tricolor, assume interinamente o cargo e deve dirigir o time neste domingo, contra o Mesquita, na estreia na Taça Rio.

Fonte: G1

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada