header top bar

section content

Caso FAC será julgado dia 17 de fevereiro diz TSE

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) já definiu que colocar em pauta o julgamento dos embargos declaratórios interpostos pela defesa do governador Cássio Cunha Lima (PSDB), provavelmente no dia 17 de fevereiro. A confirmação foi feita  pelo gabinete do ministro Arnaldo Versiani, que pediu vistas do processo do Governador da Paraíba, que tenta provar sua inocência. […]

Por

03/02/2009 às 20h44

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) já definiu que colocar em pauta o julgamento dos embargos declaratórios interpostos pela defesa do governador Cássio Cunha Lima (PSDB), provavelmente no dia 17 de fevereiro. A confirmação foi feita  pelo gabinete do ministro Arnaldo Versiani, que pediu vistas do processo do Governador da Paraíba, que tenta provar sua inocência.

O gabinete do ministro Arnaldo Versiani garantiu que os recursos interpostos pela defesa do governador Cássio Cunha Lima(PSDB) e do vice José Lacerda Neto (DEM) no chamado Caso Fac só serão levados para o plenário da corte na segunda quinzena de fevereiro, provavelmente no dia 17.

O governador Cássio Cunha Lima e o seu vice José Lacerda Neto são acusados de abuso de poder econômico nas eleições de 2006.

Cássio Cunha Lima refutou todas as denúncias e disse que a sua cassação foi um dos maiores erros jurídicos da história do TSE.

O chefe maior do governo da Paraíba  voltou a afirma que acredita na Justiça e que após analisado os autos do processo o TSE deverá averiguar as controversias das acusações e poderá absolve-lo. "Nunca cometi nenhuma irregularidade", argumentou .

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada