header top bar

section content

Carlos Antonio garante que não é sua intenção atrapalhar a gestão de Léo

O prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio de Oliveira, afirmou neste domingo(03) ao programa Trem da Onzes da Rádio Alto Piranhas que não é sua intenção atrapalhar a gestão de Léo Abreu. “Estou...

Por

03/11/2008 às 16h21

O prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio de Oliveira, afirmou neste domingo(03) ao programa Trem da Onzes da Rádio Alto Piranhas que não é sua intenção atrapalhar a gestão de Léo Abreu.  “Estou enxugando a máquina pra Léo governar.” O líder do Executivo cajazeirense garante que todas as medidas que está tomando nos últimos momentos de sua gestão obedecem estritamente às leis, como o caso da renegociação das dívidas do IPAM (Instituto de Previdência Municipal); o requerimento de lei que estabelece eleições diretas para diretores das escolas municipais, e a extinção da TIP (Taxa de Iluminação Pública).

“Não há por que estranheza em relação a essas medidas que são, repito, em estrita obediência legal e em respeito à Oposição na Câmara Municipal”, alegou se referindo aos vereadores Chagas Amaro, Carlos Rafael e Severino Dantas, que sempre foram a favor da extinção da TIP.

Carlos Antonio ainda deverá enviar outras medidas para votação. Uma delas é a permanência da concessão dos serviços de água e esgoto de Cajazeiras para a Cagepa, haja vista a Prefeitura ter conquistado na Justiça o direito de exploração dos serviços no município. Com isso, a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba poderá explorar os serviços por mais 5 anos, conforme determina a concessão exposta na Lei encaminhada ao Legislativo municipal.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula