header top bar

section content

Em rede social, Temer já fala como presidente e garante que manterá Bolsa Família

Vice-presidente afirma que Lava-Jato presta serviços importantes ao país e defende unificação e pacificação dos brasileiros

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

16/04/2016 às 13h44

O vice de Dilma usou as redes sociais para ficar próximo aos eleitores (Foto: Reuters)

O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou por meio da rede social Twitter ser “mentira rasteira” a acusação de que acabaria com o programa Bolsa Família. Ele fez ainda elogios à Operação Lava-Jato e defendeu a unificação e pacificação. As mensagens de Temer nas redes sociais foram feitas um dia depois da divulgação de vídeos da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em que denunciam usurpação de poder e classificam o impeachment como “aventura golpista”.

Temer chegou a Brasília no fim da manhã deste sábado e está, no início desta tarde, no Palácio do Jaburu, recebendo aliados e parlamentares. O ex-ministro da Aviação Civil Eliseu Padilha e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), também presidente do PMDB, são alguns dos políticos que estão com Temer. Inicialmente, o vice-presidente permaneceria em São Paulo no fim de semana, mas o PMDB resolveu reforçar as negociações após a ofensiva do governo, que conseguiu reverter alguns votos de deputados antes favoráveis ao impeachment.

As publicações do vice-presidente aconteceram entre as 7h30 e 7h43 deste sábado, enquanto a Câmara ainda discutia o impeachment na sessão iniciada às 8h55 de sexta-feira, completando mais de 24 horas de falas dos deputados.

Temer ainda usou a rede para elogiar a Operação Lava-Jato, dizendo reconhecer os “serviços importantes” prestados pela Polícia Federal. Afirmou que, como jurista, sabe o papel fundamenta da Justiça e do Ministério Público.

O vice-presidente voltou a usar o argumento de que em defende a pacificação do país, através da união. O mesmo discusso foi utilizado por ele no jantar com cerca de 85 deputados promovido pelo deputado Heráclito Fortes (PSB-PI) na quinta-feira. No encontro, Temer foi aclamado pelos parlamentares como virtual presidente da República, num ato encarado como um beija mão.

Deputados que estiveram no jantar para o vice-presidente se explicavam, negando que o convescote tivesse qualquer componente de conspiração contra o governo.

– Não era nenhuma conspiração, era um trabalho de reconhecimento – disse um parlamentar.

Após o encontro, Temer viajou para São Paulo no fim da tarde desta sexta-feira com a previsão de voltar a Brasília somente segunda ou terça-feira, com o aviso aos correligionários peemedebistas que, “se necessário”, para que o chamassem.

A manifestação de Temer já prometendo manter os programas sociais em um eventual governo dele gerou críticas dos partidários de Dilma Rousseff. Também pelo Twitter, o deputado federal Paulo Pimenta questionou a postura do peemedebista.

Nesta sexta-feira, a presidente Dilma gravou um vídeo para ser veiculado em cadeia nacional de rádio e TV, mas o governo recuou e cancelou a divulgação depois que o partido Solidariedade entrou com uma ação na Justiça Federal. O vídeo foi divulgado na página da internet do Partido dos Trabalhadores. Na gravação, Dilma afirmou que “os golpistas querem usurpar o poder” e “revogar direitos e cortar programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida”.

O Globo

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!