header top bar

section content

Governo cobra R$ 11 bilhões de envolvidos na Lava Jato

Cifra é equivalente a 17% do valor de contratos considerados fraudulentos, de acordo com o O Globo

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

30/05/2016 às 11h08

O governo federal vai ingressar nesta segunda-feira com ações na Justiça, por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), para cobrar 11 bilhões de reais de empresas e pessoas investigadas pela operação Lava Jato, incluindo as empreiteiras Odebrecht, OAS, UTC Engenharia e Queiroz Galvão, além de executivos e ex-funcionários da estatal, segundo reportagem do jornal O Globo.

A AGU sustenta nas novas ações que conseguiu comprovar a formação de cartel para fraudar licitações de grandes obras na Petrobras, elevando artificialmente os preços cobrados e eliminando a concorrência, e o foco dos processos está no superfaturamento e nos lucros resultantes das contratações, de acordo com o jornal.

 

Do total de 11 bilhões de reais que a AGU vai cobrar, 3 bilhões de reais são referentes a valores que deverão ser ressarcidos aos cofres públicos, valor calculado com base em laudo aprovado pelo Tribunal de Contas da União e equivale a 17% do valor dos contratos considerados fraudulentos, disse o jornal. Os outros 8 bilhões de reais são de multas que poderão ser aplicadas às empresas e pessoas envolvidas nas irregularidades, acrescentou o jornal.

veja

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview