header top bar

section content

Bom exemplo! Juiz de Minas Gerais recusa receber aumento salarial aprovado pelo Congresso até que a situação financeira do Brasil melhore

Ele resolveu abrir mão do aumento que foi concedido aos juízes, alegando que não terá o reajuste até que a situação financeira do país

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/06/2016 às 09h38

Juiz Luíz Henrique Marques brasileiro resolveu abrir mão do aumento que foi concedido aos juízes, alegando que não terá o reajuste até que a situação financeira do país melhore (Foto: hypeness)

Um juiz brasileiro resolveu abrir mão do aumento que foi concedido aos juízes, alegando que não terá o reajuste até que a situação financeira do país melhore.

O juiz Luíz Henrique Marques, titular da 2ª Vara Cível de Juiz de Fora, Minas Gerais, poderia receber o aumento consequente da aprovação de reajuste salarial para os ministros do STF pelo Congresso Nacional, decretado no início do mês. Tanto os salários dos juízes federais e estaduais quanto o dos desembargadores estão ligados ao dos magistrados.

Mas Luíz Henrique disse que aceitar o aumento, que vai ser concedido em duas parcelas que variam de R$30.404,47 a R$33.689,15, é algo totalmente contrário às suas convicções pessoais, já que a situação econômica do Brasil não condiz com os altos salários ofertados.

Ele entregou um documento ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais, onde alegou que não vai receber o aumento até que a atual situação financeira do país se estabilize, e assim não quer receber o reajuste de 16,38%.

Hypeness

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan