header top bar

section content

Igreja de João Pessoa é pichada com acusação de pedofilia e ofensas; padre quer investigação

O religioso se disse indignado com o fato e disse que vai pedir investigações rigorosas

Por Estagiário

17/10/2016 às 12h32 • atualizado em 17/10/2016 às 12h54

A igreja de Menino Jesus de Praga, no bairro dos Bancários, na Zona Sul de João Pessoa, amanheceu neste domingo (16) com pichações com acusações de pedofilia e ofensas diversas contra o padre Marcondes, que atua na paróquia. O religioso se disse indignado com o fato e disse que vai pedir investigações rigorosas.

“Não sei quem pode ter feito isso. Não desconfio de ninguém e essas acusações são infundadas”, disse Marcondes. O padre revelou que nunca sofreu qualquer tipo de ameaça e vai prestar queixa à polícia.

O pároco informou que já relatou o ocorrido para o setor jurídico da Arquidiocese da Paraíba e afirmou que vai entrar em contato com a empresa responsável pela segurança da igreja para saber se alguma imagem dos vândalos responsáveis pela ação foi capturada.

16967174580007455750000

16967674580007455750000

16967274580007455750000

Fonte: Paraíba.com

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Garotinha de Cajazeiras que não tem os membros dá lição de vida e emociona com sua história

VÍDEO

Historiador diz não ‘concordar’ com mudança na data comemorativa de emancipação política de Cajazeiras

DETALHES DO JÚRI

VÍDEO: Secretária revela bastidores do julgamento do caso Érika e diz que houve distinção de tratamento

22 DE AGOSTO

VÍDEO: Prefeitura de Cajazeiras corre para conseguir recapear todas as entradas antes do dia da cidade