Brasil
04/11/2016 às 15h39 • atualizado em 04/11/2016 às 15h41

postado por: C. Campelo

Mais escolas ficam de fora na lista do Enem: MEC divulga relação de colégios ocupados e um total de 240mil alunos afetados

MEC divulga relação aumentada de colégios ocupados e amplia o total de alunos afetados para 240 000

Estudantes aguardam pelo início das provas do Enem (Foto: Ricardo Matsukawa/VEJA.com)

O Ministério da Educação (MEC) divulgou um novo total –aumentado — de candidatos que terão as provas do Enem adiadas por causa das ocupações de escolas. Agora são, no mínimo, 240.404 pessoas, cerca de 50.000 a mais que o número divulgado no início da semana. Eles farão o exame em 3 e 4 de dezembro. Se houver algum imprevisto, Maria Inês Fini, presidente do Inep, órgão responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio, avisa que ainda pode aumentar a quantidade de candidatos que não farão a prova neste fim de semana.

“Espero que não aconteça, mas se houver algum evento no domingo que obrigue o cancelamento da prova, os candidatos poderão fazer o exame na segunda leva em dezembro”, explicou Fini. Ela também lamentou a coincidência de datas entre os vestibulares regionais e o Enem remarcado. “Lamento muito, mas esses estudantes terão de escolher entre um exame e outro”, disse.

O ministro da pasta, Mendonça Filho, reconheceu que pediu auxílio aos governadores para garantir a segurança, mas disse que a Polícia Militar não estará autorizada a impedir as ocupações. Ele também explicou que o local das provas para quem fizer a segunda rodada, daqui a um mês, ainda não foi definido e que os estudantes serão informados por e-mail e SMS.

Conforme balanço do MEC divulgado no final da manhã desta sexta-feira, são 364 colégios de dezoito estados e Distrito Federal que não poderão ser locais de prova neste fim de semana. Só não foram afetados Acre, Amazonas, Amapá, Ceará, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e São Paulo.

“A logística de segurança é organizada de forma a termos a garantia de que não haverá vazamentos e de que todos vão se submeter à mesma prova, com as mesmas condições de aplicação”, resumiu o ministro Mendonça Filho.

A data do Enem, mantida para todos os demais 8,6 milhões de candidatos, é este fim de semana, 5 e 6 de novembro.

Veja

Deixe seu comentário




Mais Brasil