header top bar

section content

Para Temer, prisão de Lula poderia causar instabilidade no país

Em relação à lei sobre abuso de autoridade, o presidente afirma que o objetivo não é atrapalhar as investigações, como vem sendo citado no Congresso

Por Estagiário

15/11/2016 às 08h30 • atualizado em 15/11/2016 às 08h00

© DR

O presidente Michel Temer afirmou na noite da última segunda-feira (14) em entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, que acredita que a prisão de Lula poderia causar instabilidade no país, e pediu “naturalidade” nas investigações.

Temer foi questionado também em relação à lei sobre o abuso de autoridade, muito criticada especialmente pelos integrantes da Lava Jato, por acreditarem que as medidas atrapalhariam as investigações. O atual presidente negou que as propostas atrasariam de alguma maneira as investigações.

Sobre o que pensa a respeito da força-tarefa, o presidente afirmou que defende “a atividade do Judiciário e do Ministério Público”. “Vamos deixar o Judiciário trabalhar. E vamos trabalhar no Executivo. Se acontecer alguma coisa, paciência”, completou sobre o possível envolvimento de seus aliados no esquema de corrupção.

Notícias ao Minuto

"TRAÍRA"

EXCLUSIVO: Rosilene rompe o silêncio, se solidariza com portais, diz estar arrependida em apoiar Amadeu na FPF e pede desculpas aos clubes

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus recebe os adoradores por excelência da Igreja Luz da Vida; Veja!

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na Tv recebe Guilherme Costa e Pisada do Chefe de Joca Claudino – PB; Confira!

EX-REITOR DA UFCG

VÍDEO: Thompson Mariz quer Ricardo no Senado e confirma João Azevedo para governador: “Não tem plano B”