header top bar

section content

Trump renuncia a salário de US$ 400 mil por ano em futuro mandato presidencial

Republicano diz que, como a lei norte-americana obriga que o pagamento seja feito, ele aceita receber um dólar por ano para comandar a Casa Branca

Por Estagiário

15/11/2016 às 10h00 • atualizado em 15/11/2016 às 09h12

Donald Trump (Reprodução/Twitter)

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu renunciar ao salário de US$ 400 mil por ano pago ao chefe da Casa Branca.

Com uma fortuna estimada em cerca de US$ 4 bilhões, segundo a revista Forbes, Trump disse em entrevista ao programa 60 Minutes, da emissora CBS, que receberá apenas US$ 1 por ano.

“Acho que, por lei, tenho que ganhar pelo menos US$ 1 por ano, então pegarei US$ 1 por ano”, afirmou Trump, que alegava nem mesmo saber qual era o salário do presidente dos Estados Unidos. Ao ouvir da jornalista Lesley Stahl que os honorários são de US$ 400 mil anuais, rebateu: “Não vou receber o salário. Não vou”.

O republicano assumirá a Casa Branca no próximo dia 20 de janeiro, após ter derrotado a democrata Hillary Clinton na eleição presidencial de 8 de novembro.

Quem vai ajudá-lo a governar?

Neste domingo (13), o presidente eleito anunciou os primeiros integrantes de sua equipe. Reince Priebus, presidente do Partido Republicano e expoente do establishment que o magnata tanto criticou, será chefe de gabinete.

Já Stephen Bannon, que teve papel de destaque na campanha de Trump, será seu principal estrategista e conselheiro sênior. Ex-diretor do banco Goldman Sachs e presidente do site ultraconservador Breitbart News, Bannon é ligado à ala mais radical do Partido Republicano e já criticou duramente a cúpula da legenda.

Em nota, o presidente eleito reafirmou que “Steve e Reince são altamente qualificados por terem trabalhado na campanha que nos levou a uma histórica vitória. Agora, terei os dois comigo na Casa Branca para fazer com que a América seja ótima de novo”.

E o muro, é verdade?

Em entrevista à emissora CBS , também no domingo, o republicano afirmou que manterá a promessa de construir um muro na fronteira com o México quando assumir a Casa Branca, no ano que vem.

O republicano explicou que , em determinados trechos da divisa, será feita apenas uma cerca. Ainda na disputa eleitoral, Trump irritou mexicanos ao dizer que o país latino pagaria pelo muro.

Além disso, Trump declarou que deportará “imediatamente” entre dois e três milhões de imigrantes clandestinos com antecedentes criminais. Durante a campanha, o bilionário havia prometido que uma de suas primeiras medidas na presidência americana seria expulsar pessoas vivendo ilegalmente no país.

IG

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan