header top bar

section content

veja mais Notícias

Defesa de Cunha tem 5 dias para formular perguntas a Temer

Presidente foi arrolado como testemunha de defesa do ex-deputado

Por Estagiário

17/11/2016 às 08h30 • atualizado em 17/11/2016 às 00h33

© Reuters

A defesa do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) deve apresentar as perguntas para o depoimento do presidente da República, Michel Temer, como sua testemunha, em até cinco dias. A determinação é do juiz federal Sérgio Moro, que está à frente das investigações da Lava Jato.

Além de Temer, o ex-ministro Guido Mantega e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), foram arrolados como testemunhas pelos advogados de Cunha. As informações são do G1.

O ex-deputado está preso na carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba, desde o dia 19 de outubro. Ele foi preso em Brasília.

Quanto a Mantega, o juiz pediu para que seja expedida uma precatória ou que se aproveite a data da videoconferência, que será realizada em São Paulo. Ele também é investigado na Lava Jato. Eduardo Paes também deve ser ouvido por videoconferência.

Notícias ao Minuto

PROGRAMA

Direto do Vale do Piancó, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

INTERVIEW

Promotor ‘manda’ município retirar mercadorias de calçadas, cita saúde como problema e lamenta: “O povo continua votando em corruptos”

CAMPEONATO PARAIBANO

VÍDEO: Com estádio superlotado, Atlético de Cajazeiras joga mal e é goleado pelo Botafogo de João Pessoa no primeiro jogo da semifinal

TROVEJOU EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Com novo treinador, Atlético vence Inter, volta ao G4 e vai para última rodada decidir vaga com time de Campina