header top bar

section content

FGTS INATIVO: Mais de 356 mil pessoas foram às agências da Caixa neste fim de semana

Banco já atendeu a mais de 1,4 milhão de trabalhadores sobre contas inativas do Fundo

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

19/02/2017 às 08h30 • atualizado em 18/02/2017 às 19h48

Agência da Caixa (Foto: Monica Imbuzeiro / Monica Imbuzeiro/Agência O Globo)

Mais de 356 mil brasileiros foram às agências da Caixa Econômica Federal neste sábado tirar dúvidas sobre suas contas inativas do FGTS e atualizar as informações cadastrais. De acordo com o banco, as agências do banco abriram das 9h às 15h.

Desde a divulgação do calendário de pagamento, 1,4 milhão trabalhadores interessados em obter informações sobre o FGTS foram atendidos.

Desde o dia 15, todas agências em território nacional passaram a abrir duas horas antes. O banco também um criou um site (www.caixa.gov.br/contasinativas) e uma linha telefonônica (0800 726 2017) exclusivos para tratar das contas inativas do FGTS

O vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Roberto Derziê, afirmou neste sábado que os canais de atendimento do banco voltados exclusivamente para esclarecer dúvidas sobre o saque do saldo de contas inativas do FGTS estão totalmente normalizados. Desde o dia 15, a instituição financeira disponibilizou um site, aplicativo para celular e uma linha telefônica para atender o público sobre o assunto.

Ao longo dos três dias de atendimento especial, clientes relataram problemas para consulta do saldo nas contas tanto pela internet quanto pelo telesserviço. O banco reconheceu o problema e orientou os trabalhadores a buscar informação pelo site. Deziê afirma que a falha já foi resolvida.

— A linha 0800 está em pleno funcionamento. A Caixa, criando tudo isso antes, fez com que fosse lançado no estresse. O 0800 teve um problema e logo em seguida resolvemos. Está tudo normalizado, posso te assegurar. É normal, 60 milhões de pessoas ligando. O servidor que precisava de mais capacidade e colocamos mais força.

Pessoas com mais de 70 ano podem sacar a partir de março

Já na internet, muitas pessoas constataram que nem todas as contas inativas apareciam no portal ou que algumas contas inativas ainda se mostravam ativas. O vice-presidente do banco públicou esclareceu que o empregador é obrigado a fornecer todos os dados cadastrais do trabalhador, mas, muita vezes, as informações vêm incompletas, o que faz com que as contas não sejam exibidas no site.

— Nós recomendamos pegar a carteira de trabalho e fazer um batimento com o que está apresentado na internet ou no aplicativo. Se houver dúvida, ele pode se dirigir à empresa para verificar o que houve. Muitas vezes, a empresa pode corrigir. Caso contrário, muitos trabalhadores vêm aqui, verificam sua situação cadastral e percebemos que falta alguma complementação. Por isso, é importante trazer documentos básicos, como PIS, a carteira de trabalho e os outros documentos que comprovem relação trabalhista.

Pessoas com 70 anos de idade ou mais não precisam esperar o calendário para retirar o dinheiro das contas inativas do FGTS – que começa no dia 10 de março. A autorização nessa faixa etária vale também para as contas ativas e faz parte das regras para saque do FGTS, como aposentadoria, compra da casa própria, doença grave e demissão sem justa causa.

Segundo estimativas do governo, essas pessoas têm retido nas contas inativas um saldo total de cerca de R$ 1 bilhão. Apesar do saque ser autorizado para esse segmento da população, há falta de informação.

O Globo

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada