header top bar

section content

Brasileira com microcefalia se torna modelo: “Ela desabrochou”, revela a mãe

Médicos disseram que ela não conseguiria andar, mas ela teve história de superação

Por Priscila Belmont

03/03/2017 às 09h44 • atualizado em 03/03/2017 às 09h46

Ana Victória pretende construir carreira como modelo. (Foto: Divulgação)

Ao ver Ana Victória Lago, de 17 anos, poucas pessoas conseguem imaginar que ela nasceu com microcefalia. A condição não a impediu de posar — e se divertir com isso — para as câmeras de uma agência de modelos. Segundo Viviane Lima, a mãe da adolescente de Boa Vista, Roraima, ela teve naturalidade para fazer as fotos de seu primeiro ensaio fotográfico profissional. Agora, a mãe diz sonha com o futuro da filha no mundo da moda. Segundo ela, Ana Victória é a primeira modelo brasileira com essa condição.

A ideia de investir na carreira de Ana surgiu há cerca de um mês quando Viviane levou as filhas — Ana Victória e Maria Luiza, que também tem microcefalia, hoje aos 15 anos — para participar de uma campanha Arte sem preconceitos, da agência BM Models, de Manaus.O objetivo do projeto foi fotografar 30 crianças com deficiência para fazerem fotos. Viviane conta que se sensibilizou com a campanha.

— Gostamos de projetos relacionados a inclusão, e quando a Ana Victória fez as fotos, a Creuza, dona da agência, disse que ela tinha jeito para ser modelo.

A mãe conta que Ana Victória se mostrou empolgada e quis apoiá-la. Porém, para ingressar na área, ela precisava fazer um book de fotos.

Porém, a família não tinha condições financeiras. Então, fez uma arrecadação online para custear o ensaio fotográfico. A mãe diz que a ideia foi bem aceita e fez sucesso.

— Os profissionais ficaram sensibilizados e o primeiro ensaio da Ana Victória teve maquiadora, cabeleireira, estúdio e fotógrafo que quiseram ajudar.

Viviane e a filha voltaram à agência e viram que o talento da jovem era nato.

— Ela fez as poses e mostrou que é aquilo que ela quer, que ela está amando. Como mãe, acreditei que isso daria certo e a Ana foi agenciada. Ela realmente desabrochou, se desenvolveu mentalmente e tem outra forma de se portar e lidar com as pessoas. Enxergamos uma nova Ana Victória a partir dessa vivência. Hoje, a carreira de modelo é o maior estímulo que ela tem, e isso fez ela amadurecer.

Como a história é recente, Ana Victória ainda não teve oportunidade de desfilar ou realizar trabalhos profissionais.

Viviane ainda conta que ter duas filhas com microcefalia trouxe um ensinamento: viver um dia de cada vez. Por isso, apesar de não saber o que vem a seguir, ela e a família acreditam na concretização do sonho da menina.

Descoberta da microcefalia

Viviane descobriu que teria uma filha com essa condição aos seis meses de gestação. Quando a menina nasceu, ela conta que o neurologista previu que a menina jamais seria capaz de andar. Porém, hoje em dia, ela anda, consegue se comunicar de maneira simples, estuda, mas seu desenvolvimento mental é equivalente a de uma criança de oito anos.

— A tomografia logo no nascimento da Ana mostrava que a parte motora do cérebro dela não funcionava. O médico falou que os comprometimentos eram severos e irreversíveis. Nós nunca desistimos e sempre buscamos estimular a Ana. Ela sentou com seis meses de idade e andou com um ano e dois meses, então nunca perdemos a esperança.

A mãe acredita que foram os estímulos os responsáveis pelo desenvolvimento da adolescente. Hoje, a família mora em Manaus e ajuda Ana Victória a concretizar seu sonho.

— A Ana Victória ama ver mulheres que se amam e são vaidosas. Ela aprendeu a desfilar vendo vídeos da Gisele Bündchen, e gosta muito da Ana Hickmann. Ela se sente bonita e sempre ensinamos ela a se amar.

Viviane enxerga muito preconceito, com pessoas dizendo que Ana não é bonita ou não merece ser modelo. Porém, ela está preparada para enfrentar as críticas e ver se o mundo da moda está aberto para a inclusão.

R7

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente