header top bar

section content

Com volta de Rodrigo Santoro, nova novela da Globo terá seis paraibanos, entre eles uma cajazeirense. Vídeo

A novela que tem o nome “Velho Chico” está prevista para março, substituindo A Regra do Jogo. Estou conhecendo pessoas maravilhosas”. Disse o global

Por

19/01/2016 às 17h25


 

A nova novela das nove da Rede Globo de Televisão terá a participação de seis paraibanos, entre eles, a ex-The Voice Lucy Alves, além da cajazeirense Marcélia Cartaxo. A nova trará a esperança do nordestino e terá cenas gravas às margens do Rio São Francisco. 

Zezita Marques, Lucas Veloso, filho do humorista Shaolin, Verônica Cavalcanti e José Dumont também estarão na novela global. A novela que tem o nome “Velho Chico” está prevista para março, substituindo “A Regra do Jogo”.

Cenas foram gravadas na Zona Rural de São José da Tapera, estado da Alagoas. A moradora da fazendo onde foi montado um dos cenários, a agricultora Selma Silva disse ter sido bacana receber o elenco.

“Nunca tivemos oportunidade de conhecer pessoas famosas”, revelou a moradora da fazenda, que foi adaptada para o cenário.

Rubens Libório, da equipe de caracterização contou que um projeto para apresentar o melhor do Sertão nordestino. A novela terá duas fases e a primeira retratará a década de 1960.

As gravações tiveram início no dia quatro de janeiro, com cenários nos estados de Alagoas, Rio Grande do Norte e Bahia. A novela vai contar também com a volta do ator Rodrigo Santoro.

“A ideia de estar aqui conhecer um pouco mais lugares que até então não conhecia me interessa muito. Estou conhecendo pessoas maravilhosas”. 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula