header top bar

section content

Raimundo Lira homenageia povo da Venezuela: Vitória da oposição consolida a democracia no Continente Americano

Raimundo Lira considerou a vitória da oposição “um evento extremamente importante” para o Congresso Venezuelano.

Por

09/12/2015 às 14h56

Raimundo Lira homenageia povo da Venezuela

Em pronunciamento na tribuna do Senado Federal, o senador Raimundo Lira (PMDB) parabenizou o povo da Venezuela por ter votado “com independência e liberdade”, nas eleições parlamentares do último domingo (6), visando “consolidar a democracia na Venezuela”.
 
Lira reafirmou que a vitória da oposição na Venezuela, assim como a recente eleição na Argentina, foi realizada de forma independente e com liberdade, o que, segundo ele, amplia esta consolidação da democracia em todo o Continente Latino Americano.
 
“Inicialmente gostaria de parabenizar o povo da Venezuela, que votou com independência, com liberdade, para manter, de uma forma viva, a democracia naquele País” parabenizou Raimundo Lira, que se notabiliza como democrata e defensor da liberdade plena. Raimundo Lira considerou a vitória da oposição “um evento extremamente importante” para o Congresso Venezuelano.
 
Homenagem
No mesmo discurso, Raimundo Lira prestou uma homenagem a Geraldo Vandré, compositor e cantor paraibano, que completou recentemente 80 anos, “um paraibano que fez história na Paraíba e no Brasil”. Durante o pronunciamento, Lira lembrou que Vandré recebe homenagem em João Pessoa esta semana, pelo transcurso da data.
 
“Ele pode ter a consciência tranquila de que desempenhou, de uma forma altaneira e importante, um papel na construção da história da Paraíba e do Brasil”, disse Lira. Para o senador paraibano, Vandré esteve presente com sua participação “nos momentos em que o Brasil mais precisava de uma voz, de um artista com profunda sensibilidade social e política”, afirmou o senador.
 
Geraldo Vandré compôs e defendeu em um festival de música a canção Prá não Dizer que não Falei das Flores, que ficou conhecida como ‘Caminhando e Cantando e Seguindo as Canções’ e se tornou o hino da luta contra a ditadura militar. Ele também compôs, entre muitas outras canções, Disparada, com Theo de Barros, defendida em um festival de música por Jair Rodrigues.
 
Assessoria de Imprensa

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!