header top bar

section content

Mulher defende marido que estuprou filha de nove anos e declara: ela é uma mentirosa

Suspeito está preso e nega o crime; menina está internada em hospital do Paraná

Por

28/10/2015 às 09h58

O suspeito foi preso e nega o crime (Foto: Reprodução/ Rede Record)

Uma menina de nove anos foi estuprada durante dois anos dentro de casa, na cidade de Bocaiuva do Sul, região metropolitana de Curitiba (PR). O principal suspeito é o padrasto da vítima. A mãe da menina defende o marido e diz que a filha é mentirosa.

A professora fez a denúncia ao Conselho Tutelar de Bocaiuva do Sul após notar mudanças de comportamento na menina. Devido à violência, a menina precisou ser internada em um hospital.

De acordo com uma das conselheiras, a menina confirmou que havia sido abusada. Depois disso, o caso foi encaminhado para a delegacia. Em seguida, a menina foi levada para o IML (Instituto Médico Legal).

Bradock, o delegado responsável pelo caso, conversou com a menina e não tem dúvidas de que ela foi estuprada.

O suspeito foi preso e nega o crime. 

— Geralmente, tudo o que acontece cai nas costas do padrasto. Eu sei que tem muitos sem-vergonhas, mas eu sou inocente.

De acordo com a outra conselheira que atendeu o caso, a menina começou a ser estuprada há pelo menos dois anos, enquanto a mãe dormia. Em conversa com a conselheira, a mãe disse que não sabia da violência. A mulher ainda defendeu o marido dizendo que a filha é mentirosa.

R7

Tags:
RELIGIÃO

VÍDEO: Padre da região de Patos fala sobre promessa de cura e restauração em missas: “Quem cura é Jesus”

NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas