header top bar

section content

Homem não aceita fim de casamento e mata mulher na frente da filha de nove anos

Suspeito armou emboscada para cometer o crime; sobrinha da vítima, de 5 anos, ficou ferida

Por

20/06/2015 às 12h35

Foto: Montagem/ R7/ Reprodução/ Rede Record

Uma mulher foi assassinada com dois tiros pelo marido dentro de casa em Limeira, no interior de São Paulo. A vítima queria terminar o relacionamento porque havia descoberto uma traição do suspeito, mas ele não aceitava a separação. Ele montou uma cilada e, na confusão, também feriu a sobrinha de cinco anos.

A confusão começou um dia antes do crime. Priscila Marques, de 31 anos, descobriu uma traição do marido Denis.

Os dois começaram a discutir e Denis pegou uma arma e fez diversas ameaças. Durante três horas, o homem manteve a mulher em cárcere privado. Ele chegou a atirar, mas o tiro acertou a parede do quarto.

Assim que conseguiu escapar, Priscila foi até a Delegacia de Defesa da Mulher e registrou um boletim de ocorrência. Os policiais foram atrás do agressor, mas ele havia fugido. Com medo, Priscila passou a noite na casa dos pais.

De acordo com a família de Priscila, Denis ligou diversas vezes para ela e mandou mensagens. Na última vez que conversaram, ele disse que havia entendido que o relacionamento não tinha mais volta.

Antes de se despedir, Denis fez um pedido a Priscila: como os dois moravam na casa da mãe dele, ele pediu que ela fosse ao local para pegar roupas e documentos. Ele também teria afirmado que conversariam sobre a divisão dos bens. Priscila aceitou ir ao local.

Acompanha dos pais, da filha e da sobrinha, Priscila foi encontrar o marido. Quando chegaram ao imóvel, encontraram Denis armado, informou a delegada Andréia Pavan, responsável pelo caso.

— Era uma cilada. Ele disparou contra a vítima e contra a sobrinha.

A filha do casal de nove anos presenciou o assassinato da mãe.

A criança de cinco anos foi levada ao hospital pelos vizinhos e não corre risco de morte. Denis já tinha passagem por tráfico de drogas e está foragido. De acordo com a delegada, a prisão temporária foi decretada pela Justiça.

R7

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares