header top bar

section content

Escândalo: Diocese afasta padre após divulgação de fotos íntimas

A nota afirma ainda que em consequencia desta medida, o padre fica privado de suas funções e não “poderá presidir ou administrar qualquer Sacramento

Por

22/05/2015 às 15h55

A Diocese de Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, afastou o padre Severino Ézio de Melo por causa da divulgação de fotografias “comprometedoras da moral em redes sociais". Nas fotos, o sacerdote aparece segurando uma taça de bebida ao lado de um homem. Os dois estão sem camisa. Em comunicado divulgado no site da instituição, a diocese afirma que o padre foi afastado e recebeu uma primeira advertência canônica. Ele não teria obedecido a advertência e teve suspenso o uso de ordens.

A nota afirma ainda que em consequencia desta medida, o padre fica privado de suas funções e não “poderá presidir ou administrar qualquer Sacramento ou Sacramental, impedido de celebrar ou concelebrar a Eucaristia, com a presença de fiés cristãos, a não ser que lhe faculta o Direito, ou seja, atendimento de fiéis que encontram em perigo de morte”.

A Polícia Civil está investigando uma tentativa de extorsão sofrida pelo padre. O homem que aparece nas fotos ao lado do sacerdote teria exigido dinheiro para não divulgar os registros. Uma coletiva de imprensa será realizada na sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no Recife. 

NE10

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’