header top bar

section content

Vital ressalta projeto que garantirá INSS menor para domésticos

Proposta sobre dedução de salário total de domésticas do Imposto de Renda segue para CCJ

Por

16/05/2014 às 14h50

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) voltou a defender na manhã desta sexta-feira (16) a conquista de novos direitos para os trabalhadores e trabalhadoras domésticas do país, que conseguiram ter aprovado essa semana na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), projeto onde determina dedução de salário total de domésticas do Imposto de Renda.

O parlamentar que apresentou na 100ª Conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT) realizada em Genébra, na Suíça um painel, propondo leis justas e dignas para os trabalhadores domésticos, garante que o Congresso Nacional está prestes a garantir mais essa conquista para a categoria.

Para ele, o Brasil precisa avançar nesse campo, pois essa atividade econômica movimenta no país por ano cerca de R$ 43 bilhões, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra (Pnad) de 2011.

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Brasil tem o maior número de empregados domésticos do mundo, com 7,2 milhões de trabalhadores. Desse total, 6,7 milhões são mulheres e 504 mil homens. Ainda segundo o relatório, 17% das mulheres inseridas no mercado de trabalho são empregadas domésticas.

As trabalhadoras, em média, recebem um salário de R$ 700, e os homens, R$ 1.070. A maioria dos empregados domésticos do Brasil não tem registro em carteira, apenas 2,232 milhões de trabalhadores são registrados, como aponta o Data Popular.

A proposta (PLS 270/11) tem o objetivo, a dedução no Imposto de Renda poderá ser feita sobre o salário de um empregado por declaração, mesmo quando feita em conjunto, até o limite de três salários mínimos por mês. Também pode ser deduzido o valor do décimo terceiro salário, dentro do mesmo limite de três mínimos, mais o adicional de férias, limitado a um terço do salário normal, no mês que for pago.

O direito à dedução estará condicionado à formalização da relação de trabalho e ao recolhimento regular da contribuição previdenciária pelo empregador e pelo empregado doméstico.

A medida segue para as Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) que Vital preside e de Assuntos Econômicos (CAE), antes de ser enviada à Câmara dos Deputados.

Assessoria

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na Tv recebe Everly Paloma e Forró Bom de Mexer de Ipaumirim- CE

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus com a participação dos membros da Igreja Assembléia de Deus Canaã

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Médico cajazeirense Léo Abreu fala sobre suicídio e doenças mentais no programa Xeque-Mate; veja!