header top bar

section content

Vital do Rêgo conclama paraibanos a viverem a mensagem renovadora da Páscoa

Em comunhão com a igreja que celebra neste domingo (20) a principal festa da cristandade, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), conclamou os paraibanos a viverem de forma plena, a mensagem renovadora da Páscoa. Vital que é católico, e sempre anda com o seu terço na mão, lembrou que a Páscoa é a mais importante […]

Por

19/04/2014 às 16h58

Em comunhão com a igreja que celebra neste domingo (20) a principal festa da cristandade, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), conclamou os paraibanos a viverem de forma plena, a mensagem renovadora da Páscoa.

Vital que é católico, e sempre anda com o seu terço na mão, lembrou que a Páscoa é a mais importante festa da humanidade pois marca a passagem da escravidão para a liberdade e a vitória da vida sobre a morte. Com fé e amor no coração, ele destacou que para vencer a morte e ganhar a vida plena que nasce na Páscoa, os cristãos precisam passar pela cruz e pelo sofrimento.

Nesse sentido, lembrou da Paixão de Jesus Cristo rememorada na última Sexta-feira Santa. “Lembremos que, para Deus, a vida sempre vence a morte. Peçamos a Ele que nos conceda um dia feliz preparação para a Páscoa do Senhor. Nossa parte é fazer com que este sofrimento do Cristo, retratado em todo o mundo nesta Sexta-feira Santa, não seja em vão” clamou.

Com essa mensagem transformadora de vida nova, o senador desejou a todos os paraibanos, uma Páscoa, feliz e verdadeira, focada na essência da data. “Desejo a todos os amigos uma páscoa focada no verdadeiro sentido, no sofrimento de Jesus por nós. Façamos uma profunda reflexão sobre isso” desejou.

Entrando na essência da festa, Vital lembrou que a Páscoa marca a ressurreição de Jesus Cristo, que foi o fato mais extraordinário da história da humanidade. Em sintonia com a igreja, ele enfatizou que muitos cristãos ainda não entenderam a essência da Páscoa que significa vida nova, passagem da morte para a vida, e principalmente a libertação de todo que oprime a vida.

Para ele, celebrar a Páscoa é renascer com Cristo ressuscitado, e passar da morte para a vida, é vencer o pecado e a morte. Vital lembrou que nos dias de hoje muitos cidadãos precisam renascer para essa vida nova, deixando de lado tudo o que oprime e escraviza da vida. É preciso, segundo ele, retirar as pedras que ainda impendem os brasileiros de ter vida digna. De terem saúde, educação, moradia, segurança e emprego digno.

Nesse sentido, o senador lembrou de tantas situações que ainda vão de encontro a vida, a exemplo da violência e da droga que hoje dizimam famílias inteiras. “Temos que banir todo o tipo de violência e lutar para que o nosso povo conquiste uma vida digna e plena, com seus direitos assegurados” apelou.

Para o senador, não apenas  tarefa dos homens públicos a responsabilidade de trabalhar uma sociedade mas justa, fraterna e solidária, mas todos os cidadãos. “A missão sublime de gerar vida é de todos. Cada um precisa fazer a sua parte” clamou Vital.

Voltando no tempo e na história, ele lembrou que os filhos de Israel conheceram o significado da celebração pascal, ao ser liberto da escravidão  do Egito. A travessia do mar vermelho a pé enxuto e a conquista da terra prometida foi u  fato estupendo da história. No entanto, também deve servir de exemplo para muitos brasileiros que ainda travam uma batalha todos os dias em busca de vida plena.

Vital do Rêgo lembrou que Deus age na história de forma maravilhosa, mas o homem precisa fazer a sua parte, principalmente, combatendo tantas situações que geram escravidão e morte.

“É preciso atravessar os mares vermelhos dos novos tempos, na esperança de dias melhores” afirmou.

Para ele, a Páscoa é uma proposta libertadora, que desafia todas as práticas destruidoras da vida, que não levam em conta as coisas que são do alto. Ela exige despojamento do homem velho, isto é, de tudo aquilo que dificulta a condição de ser humano e cristão.

Embora o Natal seja uma data especial para os cristãos, pois marca o nascimento de Jesus Cristo, a Páscoa é a mais importante festa do cristianismo, pois marca a ressurreição de Cristo.

Páscoa (do hebraico Pessach) significa passagem. É uma grande festa cristã para nós, é a maior e a mais importante festa. Reunimo-nos como povo de Deus para celebrarmos a Ressurreição de Jesus Cristo, Sua vitória sobre a morte e Sua passagem transformadora em nossa vida.

O Tempo Pascal compreende cinquenta dias a partir do domingo da Ressurreição até o domingo de Pentecostes, vividos e celebrados com grande júbilo, como se fosse um só e único dia festivo, como um grande domingo. A Páscoa é o centro do Ano Litúrgico e de toda a vida da Igreja. Celebrá-la é celebrar a obra da redenção humana e da glorificação de Deus que Cristo realizou quando, morrendo, destruiu a morte; e ressuscitando, renovou a nossa vida.

O tempo é de vitória sobre todo tipo de opressão e tortura causadas pelo sistema econômico que cria submissão injusta. Sistema que ocasiona morte prematura de tantos sofredores e indefesos. Vitória do poder do bem sobre as forças modernas do mal. Vida nova.

Da secom

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia