header top bar

section content

Topless coletivo provoca reações machistas no Facebook. Confira fotos!

Oposição ao protesto usou rede social para xingar organizadoras. Confira!

Por

06/12/2013 às 10h16

Uma enxurrada de comentários ofensivos e machistas tomou nesta quinta-feira a página do ‘Toplessaço’ — evento agendado para o dia 21, em Ipanema, em defesa da prática —, no Facebook. Perfis masculinos, alguns falsos, publicaram frases xingando as organizadoras de “vagabundas e prostitutas”, além de fotos de pênis e de mulheres agredidas, e viraram alvo da Polícia Civil. 

O delegado Gilson Perdigão, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, disse que os comentários serão analisados e “havendo incitação à violência, os responsáveis irão responder pelos crimes”. Na página, que tinha quase 5 mil adesões até ontem, era possível ver publicações como a foto de uma mulher agredida, com a frase “uma vez minha mulher esqueceu de lavar minha cueca da sorte, uma vez”. 

Criadora do protesto, a produtora Ana Rios, 23 anos, disse que a repercussão só reforça a necessidade do ato. “Comprova que o mundo ainda é machista. Vamos agir como se eles não existissem”. Apesar disso, Ana acionou a Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ para acompanhar o evento.

O vereador Elton Babú (PT) apresentou nesta quinta, na Câmara Municipal do Rio, um projeto de lei que autoriza a prática nas praias da cidade, e estima que o texto será votado em março. “A proibição é inconcebível em um país que se diz democrático”, argumentou.

IG

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan