header top bar

section content

Brasil desperdiça três match-points e perde a primeira na Copa do Mundo de vôlei

Esta foi a primeira derrota em copa do mundo de vôlei.

Por

22/11/2011 às 11h49

A seleção brasileira masculina sofreu nesta terça-feira sua primeira derrota na Copa do Mundo, disputada no Japão. Contra a Itália, uma das principais forças do vôlei mundial, o Brasil teve três chances para fechar a partida, mas não conseguiu marcar o ponto final. Em um ace, os europeus fecharam a partida em 3 sets a 2, parciais de 25-16, 20-25, 18-25, 25-21 e 22-20, em 2h31 de jogo. O maior pontuador foi o italiano Michal Lasko, com 27 pontos.

Com o revés, a equipe nacional chegou aos sete pontos e perdeu a liderança da competição. A Polônia, invicta até o momento, tem nove pontos e lidera. A Itália chegou aos cinco pontos na classificação.

O Brasil começou a partida desta terça-feira em um ritmo bastante lento, ao contrário dos adversários que, ligados em quadra, e contando com boa atuação de Ivan Zaytsev, abriu 6 a 3 e depois 16 a 7 na primeira parcial. Bernardinho tentou acordar o time durante a parada técnica, mas não surtiu efeito. As seleções trocaram pontos e a Itália fechou em 25 a 16.

No segundo set, a seleção brasileira voltou melhor e, desta vez, conseguiu se impôr e abrir vantagem (8 a 4) na primeira parada técnica. O destaque brasileiro até então era Leandro Vissotto, que chamou a responsabilidade e virou bolas importantes quando foi acionado pelo levantador Marlon, que sentiu que Giba e Murilo não estavam bem. Com Vissotto bem, o Brasil empatou em 1 a 1.

Com moral após a vitória na parcial anterior, os comandados de Bernardinho voltaram melhor ainda no terceiro set. A defesa e o passe encaixaram e, com fortes saques entrando, principalmente de Sidão, o time deslanchou. Giba e Murilo cresceram na partida e deram mais opção na distribuição de bolas para os levantadores Marlon e Bruno, que se alternaram na posição em quadra na parcial.

Para a Itália, era tudo ou nada no quarto set. No início, o equilíbrio imperou e os dois times chegaram a liderar o marcador. Mesmo com defesas impressionantes do líbero Serginho, os europeus conseguiram abrir no marcador e chegaram à segunda parada técnica com 16 a 12. Nem mesmo a chamada de Bernardinho nos jogadores surtiu efeito, e a Itália conseguiu empatar o confronto em 2 a 2, levando a decisão para o tie-break.

O set desempate foi dos mais emocionantes, com várias trocas de bola e pontos disputados. Os italianos estavam na frente, mas na passagem de Sidão pelo saque, o Brasil empatou e passou à frente.

A seleção brasileira chegou a ter três chances para fechar o confronto e garantir a vitória, mas não soube aproveitar, com um bloqueio sofrido por Vissotto, que também errou um saque, e um ataque desperdiçado por Giba. Em um ponto de saque de Travica, a Itália fechou o jogo.

O Brasil volta à quadra agora somente na quinta-feira, às 4h (de Brasília), contra a Rússia, enquanto os italianos enfrentarão a China.

UOL
 

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de água da vida e o Pr. Nilton

ENTREVISTA BOMBÁSTICA

VÍDEO: Declarações polêmicas e provocações marcam o programa Xeque-Mate com o ex-prefeito Carlos Antônio

VÍDEO

Ex-aliado diz que prefeito de Cajazeiras forma “organização criminosa” e aponta gordas gratificações

DIÁRIO ESPORTIVO

Confira o resumo da rodada no programa Diário Esportivo com Luiz Júnior