header top bar

section content

São João do Rio do Peixe ganhará Centro de Vocação Tecnológica em petroleo

Os CVTs são unidades de ensino e de profissionalização, voltados para a difusão do acesso ao conhecimento científico e tecnológico, conhecimentos práticos na área de serviços técnicos.

Por

08/05/2009 às 06h44

A exploração do petroléo na região do Rio do Peixe, já começa a trazer atividades acadêmicas para a o desenvolvimento das ações de conhecimento tecnológico e profissionalização de agentes produtores que serão capacitados para os serviços, através da criação do Centro Vocacional Tecnológico.

A Rede Paraibana de Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) será coordenada pela Secretaria de Projetos Estratégicos (SPE) da UFCG, pelo Programa de Estudos e Ações Para o Semi-Árido e pela Fundação Parque Tecnológico da Paraíba.

Os CVTs são unidades de ensino e de profissionalização, voltados para a difusão do acesso ao conhecimento científico e tecnológico, conhecimentos práticos na área de serviços técnicos, além da transferência de conhecimentos tecnológicos na área de processo produtivo.

Eles estão direcionados para a capacitação tecnológica da população, como uma unidade de formação profissional básica, de experimentação científica, de investigação da realidade e prestação de serviços especializados, levando-se em conta a vocação da região onde se insere, promovendo a melhoria dos processos.

Segundo o Prefeito de São João do Rio do Peixe, Lavoisier Dantas, na ultima semana, em visita a capital federal, Brasilia, o Ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, definiu a implantação do Centro de Vocação Tecnológica, em São João do Rio do Peixe e outros municípios do Vale do Rio do Peixe. O Centro cuidará da capacitação de mão de obra, especificamente em São João do Rio do Peixe, na área petrolífera, já que este município está inserido na Bacia Petrolífera. A implantação do Centro será feita em parceria com o Governo do Estado, Prefeitura Municipal, Universidade Federal de Campina Grande e o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Com esta decisão, a mão de obra que será usada na exploração do petroléo na Bacia do Rio do Peixe, deverá ser aproveitada da própria região, aumentando assim a oferta de empregos, possibilitando uma melhor distibuição de renda e consequentemente uma melhor qualidade de vida. A cidade de São João do Rio do Peixe, passará a ser pioneira no estado, na qualificação profissional na área.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula