header top bar

section content

Juiz concede liminar de interdito proibitório

O Juiz de Direito em substituição na 4ª Vara, Dr. Judson Kíldere Nascimento Faheina, deferiu no último dia 26.03.2009 o pedido liminar requerido pela firma A S Indústria Têxtil e Comercio Exterior Ltda. nos autos do Interdito Proibitório nº. 01320090000454-3 movido pela mesma contra o Município de Cajazeiras – PB, para assegurar a permanência da […]

Por

31/03/2009 às 23h46

O Juiz de Direito em substituição na 4ª Vara, Dr. Judson Kíldere Nascimento Faheina, deferiu no último dia 26.03.2009 o pedido liminar requerido pela firma A S Indústria Têxtil e Comercio Exterior Ltda. nos autos do Interdito Proibitório nº. 01320090000454-3 movido pela mesma contra o Município de Cajazeiras – PB, para assegurar a permanência da autora no bem imóvel localizado na margem da Rodovia BR-230, KM 504 (antigo prédio da CIBRAZEM/CONAB) até o julgamento final da lide ou até que haja modificação na situação fática ora existente, tendo em vista que o Município havia expedido uma notificação extrajudicial para desocupação do imóvel no prazo de 05 dias.

Por fim, o magistrado designou para o dia 29 de abril de 2009 uma audiência de conciliação entre as partes.

Entenda o caso
A Câmara Municipal autorizou em 14 de agosto de 2007, o ex-prefeito Carlos Antonio, a fazer cessão de uso do imóvel pertencente ao município, onde funcionava a CONAB, localizado na BR 230, km 493 para a empresa A S Indústria Têxtil Comércio Exterior Ltda.

O imóvel cedido destina-se a instalação de uma indústria têxtil, com atividades na área de tecelagem de fios de algodão, tecelagem de fios de fibras têxteis naturais, de fibras artificiais e sintéticas e de fabricação de tecido de malha. Esta cessão fora concedida por um prazo de 30 anos.

Após a posse do prefeito Léo Abreu, foi encaminhado para a Câmara o Projeto de Lei que modificava a Lei nº. 1.701/2007, que autorizou a cessão de uso para a empresa A S Indústria Têxtil Comércio Exterior Ltda., no Projeto de Lei nº. 002/2009, o executivo municipal alterou o texto da lei inicial, reduzindo para 10 anos o prazo da cessão de uso, como também estabeleceu que a empresa beneficiada tivesse um ano a partir da homologação da nova Lei para iniciar o funcionamento.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!