header top bar

section content

Marizópolis implanta projeto para colocar jovens, adultos e idosos nas escolas

Já está em vigor um Projeto de Lei de autoria da Prefeitura da cidade de Marizópolis, alto sertão, que visa a motivação de jovens, adultos e idosos a matricular-se na Rede Municipal de Ensino e a erradicação do analfabetismo tardio, além da aproximação dos alunos aos serviços de Educação, Saúde e Ação Social gratuitamente durante […]

Por

11/03/2009 às 11h42

Já está em vigor um Projeto de Lei de autoria da Prefeitura da cidade de Marizópolis, alto sertão, que visa a motivação de jovens, adultos e idosos a matricular-se na Rede Municipal de Ensino e a erradicação do analfabetismo tardio, além da aproximação dos alunos aos serviços de Educação, Saúde e Ação Social gratuitamente durante todo ano de 2009.

Denominado de Educação e Cidadania, o projeto será implementado em duas etapas. Na primeira serão realizadas matrículas itinerantes, tanto na zona urbana como na área rural do município. Segundo a coordenadora Rogênia Mendes, técnicos das três secretarias irão procurar os estudantes nas localidades onde residem para elaboração do perfil de cada um.

No segundo passo o aluno terá que se encontrar matriculado há pelo menos seis meses, demonstrar compromisso e aproveitamento escolar para receber os benefícios do projeto. A idéia é trazer de volta pessoas de todas as idades que se afastaram da sala de aula e atrair quem nunca estudou. Para isso, os interessados contarão com incentivos da Prefeitura.

Escola para todos
Para o prefeito José Vieira (PTN) – foto – , quanto mais pessoas estudando mais rico se tornará o município. “Uma educação de ponta, é isso que queremos proporcionar a população marizopolense”, disse o prefeito. Vieira acrescentou que as atividades desenvolvidas visam ampliar os conhecimentos dos jovens, adultos e idosos e estimular seus interesses, bem como aproximá-los dos educadores.

De acordo com a coordenadora do plano, Rogênia Mendes, o alunado terá atendimento de profissionais da saúde a exemplo de clínicos, nutricionistas, odontólogos, oculistas e psicólogos. Os estudantes participarão também de palestras sobre temas ligados a saúde, direito, assistência social, religião, entre outros. Ainda na segunda fase do Educação e Cidadania os alunos que integram o projeto receberão medicamentos, exames e até brindes por meio de sorteio.

LEVI DANTAS
Da redação do Diário do Sertão

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda