header top bar

section content

Cajazeiras pode perder SINE por falta de parceria

Se depender de Agenor Mendes, coordenador do Sistema Nacional de Empregos da Paraíba – SINE/PB, a entidade continuará funcionando em Cajazeiras. Esta semana um impasse entre o prefeito Léo Abreu e a entidade desestabilizou a relação entre do município e o principal banco de empregos da Paraíba. Tudo começou quando Léo reivindicou de volta à […]

Por

15/01/2009 às 01h56

Se depender de Agenor Mendes, coordenador do Sistema Nacional de Empregos da Paraíba – SINE/PB, a entidade continuará funcionando em Cajazeiras. Esta semana um impasse entre o prefeito Léo Abreu e a entidade desestabilizou a relação entre do município e o principal banco de empregos da Paraíba.

Tudo começou quando Léo reivindicou de volta à prefeitura a casa onde funcionava o escritório do SINE em Cajazeiras e alguns funcionários públicos municipais que foram deslocados de suas funções primárias para trabalharem lá. A casa e os funcionários foram cedidos ao SINE pelo governo Carlos Antonio, numa parceria entre o Instituto de Previdência do Município (IPAM) e o Governo do Estado.

Apesar da situação parecer ainda indefinida, Agenor Filho garantiu que o SINE não sairá de Cajazeiras, e que nos próximos dias será divulgado o novo local onde funcionará a entidade. O mais provável é que o novo SINE seja instalado vizinho ao fórum municipal, onde antigamente funcionava o Ministério Público da cidade.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula