header top bar

section content

Novos prefeitos fazem ‘faxina’ nas cidades

Retirar o lixo acumulado nas ruas foi a primeira ação efetiva dos novos prefeitos das cidades de Cajazeiras, São José de Piranhas, Bonito de Santa Fé, Santarém, Sousa e Nazarezinho. Em Cajazeiras, por exemplo, o que se pôde ver no segundo dia do governo Léo Abreu, após um intensivo mutirão de limpeza, foi uma cidade […]

Por

05/01/2009 às 18h28

Retirar o lixo acumulado nas ruas foi a primeira ação efetiva dos novos prefeitos das cidades de Cajazeiras, São José de Piranhas, Bonito de Santa Fé, Santarém, Sousa e Nazarezinho.

Em Cajazeiras, por exemplo, o que se pôde ver no segundo dia do governo Léo Abreu, após um intensivo mutirão de limpeza, foi uma cidade com outra cara, bem diferente da situação de calamidade pública que já se estabelecia no fim da gestão do ex-prefeito Carlos Antonio por causa da falta de pagamento aos funcionários públicos.

Em Sousa, a desordem e sujeira era tanta que animais como vacas, cães e até mesmo urubus já dividiam o espaço de ruas e calçadas espalhando o lixo.

E São José de Piranhas, o prefeito Domingos Neto e sua equipe de governo estão se inteirando do caótico quadro deixado pela administração passada para colocar a casa em ordem. Por enquanto o novo prefeito pede paciência ao povo para conseguir ‘arrumar a casa’.

E em Santarém, a prefeita Lucrecia Barbosa afirma ter recebido a prefeitura em estado deplorável e que aos poucos colocará as coisas em ordem, já que a cidade esta com uma grande dívida deixada pelo administrador passado.

Da redação do Diário do Sertão

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares