header top bar

section content

Lixão será reavaliado por novos secretários

Com a chegada dos novos secretários de Planejamento e Meio-ambiente de Cajazeiras, o agrônomo Adalberto Nogueira e o professor José Maria Gurgel, o deposito de lixo de Cajazeiras, que funciona a céu aberto, poderá enfim ser transformado em um aterro sanitário e até mesmo mudar de lugar após um estudo mais detalhado que será feito […]

Por

31/12/2009 às 01h35

Com a chegada dos novos secretários de Planejamento e Meio-ambiente de Cajazeiras, o agrônomo Adalberto Nogueira e o professor José Maria Gurgel, o deposito de lixo de Cajazeiras, que funciona a céu aberto, poderá enfim ser transformado em um aterro sanitário e até mesmo mudar de lugar após um estudo mais detalhado que será feito na área.

O agrônomo Adalberto Nogueira sempre foi contra a manutenção e localização do lixão por se tratar de uma área com um grande potencial agrícola e próximo a algumas chácaras que existem na área, o que acaba atraindo um grande número de insetos nocivos à saúde.

Ele, junto com o novo secretário de Meio-ambiente José Maria Gurgel, pretende aterrar todo o lixo existente no local para em seguida realizar um estudo a fim de saber se é viável ou não a permanência do depósito na área. O estudo será realizado com apoio de uma equipe de técnicos do CEFET de Cajazeiras.

O lixão de Cajazeiras fica localizado numa pequena área próxima ao estádio de futebol da cidade, o Perpetão, e sua localização e exposição sempre foram questionadas pelos sanitaristas do município.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas

VÍDEO!

Diário esportivo fala sobre os craques da Copa do Mundo e o futebol amador da cidade de Cajazeiras