header top bar

section content

Dakota fecha em Cajazeiras e abre no estado do CE

Depois de fecha suas portas em Cajazeiras na ultima sexta-feira, 06, a empresa Dakota Mississipi inaugurou um novo empreendimento agora no município de Maranguape no vizinho estado do Ceará. A diretoria da Dakota realizou uma reunião com todos os funcionários e alegou que a crise econômica mundial é a principal razão do fechamento da fábrica […]

Por

06/12/2008 às 19h09

Depois de fecha suas portas em Cajazeiras na ultima sexta-feira, 06, a empresa Dakota Mississipi inaugurou um novo empreendimento agora no município de Maranguape no vizinho estado do Ceará.

A diretoria da Dakota realizou uma reunião com todos os funcionários e alegou que a crise econômica mundial é a principal razão do fechamento da fábrica em Cajazeiras. Mas para o presidente do Sintracs, Otacílio Ribeiro da Silva (Ciloca), a justificativa não convence.

“A crise é geral, não é só para eles, é para todos. E por que tem que ser a de Cajazeiras já que tem mais de 20 mil empregados dessa empresa no Brasil todo?”, protestou.

Mais de 300 pessoas trabalhavam na Dakota Mississipi de Cajazeiras, que em apenas quatro meses atingiu a marca de 1.400 pares de calçados fabricados desde o começo das atividades, meta bem acima do esperado pela diretoria.

VEJA A MATÉRIA PUBLICADA NO PORTAL DO JORNAL DIÁRIO DO NORDESTE DO CEARÁ

Dakota abre outlet em Maranguape

Em meio a um cenário de crise econômica global, a Dakota aposta na tradicional tendência norte-americana de outlet. A marca inaugura, hoje, em Maranguape, o seu espaço dentro do conceito de escoar coleções antigas a preços mais acessíveis, o que pode incentivar o consumo, em tempos de crédito retraído.

A nova loja também será estratégica, uma vez que atuará como divulgador das marcas da empresa no Nordeste. No entanto, o valor do investimento não foi informado pela fabricante de calçados.

Segundo o gerente do Outlet Dakota Maranguape, Samuel Zamg, os artigos comercializados custarão entre R$ 19,90 e R$ 109,90, sendo a maior parte, pontas de estoque. “Do total de produtos na loja, serão 10% de lançamentos e 90% de saldos. Teremos bolsas, cintos, carteiras e produtos de vestuário”, explica.

O mix de produtos do local trará as marcas Dakota, Tanara, Kolosh, Dakotinha, Campesi e Mississipi. Além disso, o ambiente congregará uma lanchonete, que abrirá para encontros de happy hour e um espaço contando aos clientes a trajetória da empresa em seus mais de 30 anos no mercado.

Da redação do Diário do Sertão com Portal do Jornal do Diário do Nordeste

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada