header top bar

section content

COREM fiscaliza Unidade de Saúde

População de Poço J. de Moura pode ficar sem atendimento

Por

20/11/2008 às 14h46

Depois de passar sete anos sem atender a população durante período integral com médico especializado, tudo levava a crer que com uma grande reforma realizada em 2007, a Unidade Básica da Família, do município de Poço José de Moura, finalmente funcionaria 24 horas por dia sem contar apenas com enfermeiros.

Porém, essa semana, a secretária de Saúde do município, Aurineide Moura, recebeu um relatório, após visita do Conselho Regional de Medicina do Estado, proibindo mais uma vez a unidade de funcionar sem a presença constante de um médico 24 horas, fato que, segundo o COREM, não vinha acontecendo.

O médico que atua no local desde sua fundação, em 2000, Dr. Paulo Arthur, pede que a decisão do Conselho seja repensada, já que, segundo ele, o trabalho dos enfermeiros de plantão é qualificado.

“O Conselho Regional de Medicina poderia fazer uma reavaliação nessa atitude, porque a Unidade está bem estruturada, está equipada, e os profissionais da Enfermagem que aqui trabalham também estão aptos a fazer as ações básicas de Saúde”, afirmou.

Depois da visita do COREM, ficou determinado que o funcionamento da Unidade só pode acontecer com a presença de um médico. A Unidade terá que fechar as portas à noite, nos feriados e finais de semana.

Da redação do Diário do Sertão

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada