header top bar

section content

CZ: Fraudes deixam 170 famílias sem receber Bolsa

Os dias estão contados para aqueles que fraudam o Governo Federal ao receberem o auxílio Bolsa Família indevidamente. Isso porque no próximo ano haverá um processo de recadastramento geral das famílias contempladas. Porém, com um detalhe: o recadastramento será feito em domicílio, ou seja, as famílias serão visitadas e assim os agentes poderão constatar quem […]

Por

06/11/2008 às 19h00

Os dias estão contados para aqueles que fraudam o Governo Federal ao receberem o auxílio Bolsa Família indevidamente. Isso porque no próximo ano haverá um processo de recadastramento geral das famílias contempladas. Porém, com um detalhe: o recadastramento será feito em domicílio, ou seja, as famílias serão visitadas e assim os agentes poderão constatar quem se enquadra ou não no perfil exigido para receber o auxílio.

Além disso, o próprio Ministério do Desenvolvimento, em parceria com o Ministério do Trabalho, realiza uma minuciosa fiscalização através de banco de dados trabalhistas. As famílias que recebem auxílio, mas foi constatado que alguns de seus membros possuem carteira assinada, estão sendo bloqueadas no programa.

Só em Cajazeiras, foram bloqueadas 170 famílias, que agora estão em processo de averiguação. Para que o beneficio não seja cancelado de forma definitiva, é necessário que seja apresentado xérox comprovando que foi dada baixa na carteira e que o individuo está, de fato, desempregado.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula