header top bar

section content

CZ: Fraudes deixam 170 famílias sem receber Bolsa

Os dias estão contados para aqueles que fraudam o Governo Federal ao receberem o auxílio Bolsa Família indevidamente. Isso porque no próximo ano haverá um processo de recadastramento geral das famílias contempladas. Porém, com um detalhe: o recadastramento será feito em domicílio, ou seja, as famílias serão visitadas e assim os agentes poderão constatar quem […]

Por

06/11/2008 às 19h00

Os dias estão contados para aqueles que fraudam o Governo Federal ao receberem o auxílio Bolsa Família indevidamente. Isso porque no próximo ano haverá um processo de recadastramento geral das famílias contempladas. Porém, com um detalhe: o recadastramento será feito em domicílio, ou seja, as famílias serão visitadas e assim os agentes poderão constatar quem se enquadra ou não no perfil exigido para receber o auxílio.

Além disso, o próprio Ministério do Desenvolvimento, em parceria com o Ministério do Trabalho, realiza uma minuciosa fiscalização através de banco de dados trabalhistas. As famílias que recebem auxílio, mas foi constatado que alguns de seus membros possuem carteira assinada, estão sendo bloqueadas no programa.

Só em Cajazeiras, foram bloqueadas 170 famílias, que agora estão em processo de averiguação. Para que o beneficio não seja cancelado de forma definitiva, é necessário que seja apresentado xérox comprovando que foi dada baixa na carteira e que o individuo está, de fato, desempregado.

Da redação do Diário do Sertão

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis